Menu
Justamente
Entrar Criar site

YouTube para advogados: conheça as regras para publicar vídeos

Equipe Justamente 10/02/22

O YouTube é a plataforma de vídeos do Google, além de ser um dos sites com maior número de acessos no mundo. Por isso, os advogados devem incluir a produção de conteúdos para a página em suas estratégias de marketing.

Os canais no YouTube entraram na rotina dos usuários, que chegam a passar horas vendo os vídeos disponíveis no site. Para os advogados, a plataforma é uma maneira de explicar assuntos jurídicos e esclarecer possíveis dúvidas do público.

Entretanto, os vídeos publicados por advogados no YouTube devem seguir regras. Caso contrário, a plataforma pode penalizar os especialistas. Quer saber quais são elas? Veja abaixo!

Advogados podem publicar vídeos no YouTube?

Sim, os advogados têm liberdade para lançar vídeos no YouTube, assim como é feito por influenciadores e outras empresas.

Com a otimização do título e descrição do vídeo, o material pode indexar nas páginas do YouTube ou do próprio buscador do Google. Assim, o escritório terá uma visibilidade maior em pesquisas nos sites.

A publicação regular de vídeos no site pode popularizar os seus serviços. Mesmo com as restrições presentes no marketing para advogados, há chances de você se tornar um nome conhecido no YouTube.

Contudo, as ações de marketing jurídico dentro do YouTube precisam seguir regras orientadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A principal delas é que os conteúdos precisam ter caráter informativo e educacional. Saiba mais abaixo!

Quais são as regras para fazer marketing jurídico no YouTube?

O marketing jurídico é feito com base nas regras do Provimento 205/2021. A OAB é a responsável pelo desenvolvimento do documento, considerando também o Código de Ética e Disciplina do órgão.

Por isso, a atividade de advogados no YouTube precisa respeitar certas normas, como os conteúdos dos vídeos. É obrigatório que eles apenas informem e orientem o leitor, sem mercantilizar o exercício da advocacia.

Ou seja, você não deve informar o preço de honorários e formas de pagamento para captar clientes. Além disso, o uso de expressões persuasivas não é liberado, assim como apresentar casos concretos e resultados de processos.

Os advogados podem participar de lives e vídeos gravados, desde que respeitem as regras do Provimento. Os logotipos do escritório estão liberados nos vídeos, mas eles não devem conter símbolos oficiais da OAB.

Por fim, os advogados precisam manter a discrição e sobriedade nos conteúdos. Sendo assim, considere essas indicações na hora de elaborar vinhetas e editar os materiais que serão divulgados.

Advogados podem fazer anúncios no YouTube?

No marketing jurídico, os advogados conseguem incluir conteúdos patrocinados no YouTube. Mas, antes de produzi-los, saiba que é proibido fazer o uso de anúncios ostensivos na plataforma de vídeos.

Além disso, as publicidades e impulsionamento, no YouTube e nas outras redes sociais, não devem conter a oferta explícita de serviços jurídicos.

Com relação à compra de palavras-chave, os advogados conseguem fazer a aquisição dentro do Google Ads. Mas, a escolha de termos deve seguir os padrões éticos solicitados pela OAB.

Por que os advogados devem postar vídeos no YouTube?

A publicação de vídeos no YouTube traz uma série de vantagens para os advogados. Quando os conteúdos estão bem produzidos e roteirizados, é possível ter um número considerável de visualizações. Confira os benefícios!

1. Plataforma de fácil acesso

O YouTube está na palma da mão dos usuários. Com apenas alguns cliques, centenas de vídeos estão disponíveis gratuitamente para assistir no smartphone e compartilhar com familiares e amigos.

Por isso, o site é uma plataforma que aproxima empresas e clientes. Nesse sentido, os serviços jurídicos do seu escritório ficam mais próximos do público por conta dos vídeos publicados em seu canal.

É importante reforçar que os conteúdos precisam ser informativos e educativos. Então, os clientes chegam aos seus serviços pelos assuntos abordados nos vídeos.

2. Apresentar o escritório no ambiente digital

O canal no YouTube para advogados também é uma forma de apresentar o escritório online. Nesse caso, você pode elaborar roteiros a partir das áreas de atuação do negócio.

Caso o escritório atenda diferentes áreas do Direito, peça para que os advogados responsáveis auxiliem na criação dos vídeos. Além disso, eles podem participar das gravações como especialistas.

Com textos bem escritos e abordados nos vídeos, você amplia a credibilidade do escritório. Além disso, incluir o endereço do site jurídico do escritório na descrição do vídeo também pode garantir a presença digital dos seus serviços.

3. Ampliar o conhecimento jurídico

Alguns assuntos jurídicos apresentam certo grau de complexidade. Então por que não exemplificá-los nos vídeos? Você tem essa liberdade em conteúdos publicados no YouTube.

O melhor caminho é desenvolver os roteiros de acordo com os seus conhecimentos, mas também pesquisar sobre outros assuntos que possam ajudar o usuário que vai assistir o vídeo.

Nesta fase de pesquisa, você acaba ampliando conhecimentos ou visitando áreas nas quais não havia tido proximidade. Ou seja, o desenvolvimento dos vídeos é benéfico para advogados e o público.

Quais vídeos os advogados podem publicar no YouTube?

O YouTube permite a publicação de vídeos longos e curtos. Dessa forma, você tem espaço para abordar diferentes conteúdos jurídicos, de forma breve ou aprofundada. Entretanto, você sabe quais vídeos deve publicar no site?

Quando surgem dúvidas, os usuários acabam buscando ajuda no YouTube. Alguns vídeos do seu canal podem auxiliar na emissão de documentos, por exemplo, e atrair a atenção do público.

Para produzir os vídeos explicativos, os advogados devem explorar questões comuns das áreas nas quais atuam. Além disso, os temas pontuais, como Direitos Trabalhistas, também costumam gerar engajamento.

Algumas leis despertam dúvidas na população. De acordo com os atendimentos realizados pelo escritório, construa roteiros que esclareçam os pontos que geram questionamentos do público.

Houve mudanças na legislação que afetam clientes da sua área de atuação? Não deixe de desenvolver vídeos que esclareçam as alterações para que o público possa interagir com eles.

Você já tem um site jurídico para o seu escritório?

Além do canal no YouTube, os advogados precisam ter um site para apresentar os serviços do escritório. Na Justamente, você cria uma página em até 5 minutos para modernizar o seu escritório.

Nossa plataforma foi desenvolvida para proporcionar sites jurídicos responsivos, onde advogados possam apresentar seus serviços e áreas de atuação.

Você pode criar o seu site sem custos ou, se preferir, contratar o JusPremium – um plano para aprimorar ainda mais a página do seu escritório.

Para começar, faça um cadastro com e-mail e senha. Em seguida, responda algumas perguntas sobre o escritório e escolha o tema, cor e fonte do site. Confira o processo completo.

Em poucos minutos, você tem um site para adicionar nas redes sociais e cartões de visita. Aproveite!

Está com dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!