Menu
Justamente
Entrar Criar site

SEO Hacks: vale a pena utilizar no marketing jurídico?

Equipe Justamente 29/04/22

No marketing digital, inclusive no aplicado pelos advogados, existem algumas técnicas e estratégias que normalmente são utilizadas para trazer mais resultados para determinado negócio. O SEO (Otimização para Mecanismos de Busca, em português) é uma dessas técnicas e, para ter um resultado ainda mais rápido, alguns profissionais procuram e investem em SEO Hacks.

Os hacks de SEO são formas aperfeiçoadas de se conseguir um bom resultado com o tráfego orgânico, isto é, espontâneo. Sendo assim, tratam-se de maneiras que utilizam menos recursos e ainda conseguem ser eficazes na estratégia de marketing digital.

A seguir, saiba mais sobre os SEO Hacks e entenda se realmente vale a pena utilizá-los no seu marketing jurídico.

O que são SEO Hacks?

Os SEO Hacks são técnicas de alta performance que envolvem poucos recursos e resultados bons e rápidos. Principalmente para pequenas empresas que querem que seu tráfego orgânico multiplique num curto espaço de tempo, a estratégia é muito indicada.

Se você já tem uma ideia sobre marketing jurídico e SEO, sabe que essa otimização é essencial para que o seu site seja identificado pelo Google e outros mecanismos de busca, e ganhe uma boa posição na primeira página de resultados.

Essa identificação e o posicionamento de fato acontecem quando as técnicas de SEO são aplicadas. Porém, nem sempre ocorrem rapidamente. Às vezes, o tempo que se leva para que os resultados apareçam é muito longo, frustrando as expectativas da empresa.

Dessa forma, os hacks de SEO servem como atalhos. Não são práticas proibidas, que normalmente trazem penalidades aos que as aplicam, mas sim meios mais rápidos e que utilizam menos recursos para atingir o objetivo.

Além disso, os recursos não são as únicas coisas que são reduzidas. O tempo também é reduzido, uma vez que é otimizado com foco em alcançar resultados mais rapidamente.

Vale a pena utilizar SEO Hacks no marketing jurídico?

Sim, aplicar alguns hacks de SEO no marketing jurídico vale a pena, uma vez que otimiza o seu trabalho nesta área e ainda traz bons resultados.

As técnicas de SEO são, sem dúvida, indispensáveis para qualquer site, rede social ou ambiente virtual. Afinal, são elas que permitem que o Google e outros mecanismos de busca encontrem o conteúdo produzido por você e deem-lhe uma boa posição entre os resultados.

No entanto, em situações mais urgentes, os SEO hacks são muito bem-vindos, já que são eficientes e trazem resultados em um tempo menor.

Especialmente para escritórios ou advogados autônomos que ainda não possuem muitos recursos para investir no marketing jurídico, e que, ao mesmo tempo, têm pressa para crescer e ampliar sua visibilidade, utilizar os hacks de SEO é uma boa opção.

5 principais SEO Hacks para o seu escritório

1. Use ferramentas gratuitas

É verdade que algumas ferramentas pagas são mais completas que as ferramentas gratuitas. Porém, isso não significa que as gratuitas não sejam úteis e que não possam te ajudar nas suas estratégias de marketing jurídico.

Principalmente para quem não tem muitos recursos para investir no primeiro momento, as plataformas gratuitas podem ser muito proveitosas no desenvolvimento do marketing de conteúdo, acompanhamento de resultados, criação de ilustrações, alterações em imagens para otimizar a velocidade do site, entre outras coisas.

O próprio Google possui algumas ferramentas. Uma delas é o Google Keyword Planner, útil na busca de palavras-chave importantes para o seu conteúdo produzido. O serviço permite que você encontre o volume de busca da palavra-chave central, além de termos relacionados, que também devem estar presentes no seu conteúdo.

Outra plataforma é o Google Analytics, por onde você consegue monitorar o seu site e ter informações relevantes sobre o tráfego orgânico, como tempo de permanência, taxa de rejeição, perfil dos visitantes, horários das visitas, entre outros dados que influenciam o desenvolvimento do seu marketing digital.

O Google Search Console também é muito interessante e útil. Por meio dele, você acompanha a sua presença nas páginas de resultados do Google e monitora outros fatores que merecem sua atenção. Ele também indica problemas que podem estar afetando o seu ranqueamento, falhas de segurança, os acessos que cada página teve, entre outras funcionalidades.

Além das ferramentas do Google, você também pode utilizar as plataformas gratuitas existentes para montar ilustrações, baixar imagens livres de direitos autorais, e até mesmo as próprias redes sociais, que te ajudam – e muito – a divulgar ainda mais os seus serviços e o site do seu escritório.

2. Use palavras-chave de cauda longa

As palavras-chave podem ser classificadas entre de cauda curta (short tail) e de cauda longa (long tail).

Termos mais gerais, como “direito”, por exemplo, são palavras-chave de cauda curta, não passando de 3 palavras. Já “quais são os direitos do trabalhador quando é demitido” é uma palavra-chave de cauda longa, pois traz uma ideia específica, e não generalizada.

Se, por um lado, você atrai mais pessoas com palavras-chave de cauda curta, as palavras de cauda longa atraem pessoas que têm um perfil muito mais parecido com o da sua persona. Ou seja, seu conteúdo com este tipo de termo é mais voltado para pessoas que realmente podem se interessar pelos seus serviços e decidirem pela contratação.

Esta é uma estratégia importante, uma vez que busca atingir um público totalmente específico. Ao contrário de assuntos mais gerais, que demonstram a sua autoridade e, com o tempo, podem trazer resultados, o interesse e negociações podem ser muito mais rápidos com assuntos específicos.

É possível encontrar tais palavras-chave de cauda longa em uma das ferramentas gratuitas mencionadas no tópico anterior, o Google Keyword Planner. Basta colocar a palavra principal para encontrar diversos outros termos relacionados.

google-keyword-planner-direito

Com as palavras de cauda longa no seu conteúdo, sobretudo em alguns dos intertítulos, sua chance de ter um bom ranqueamento a partir de buscas específicas aumenta, aumentando também as chances de conquistar novos clientes.

3. Analise seus concorrentes e aperfeiçoe as ideias

Verificar o conteúdo compartilhado pelos seus concorrentes já é uma das técnicas de SEO que te ajuda a ter um norte na sua produção. Porém, um SEO Hack é entender as ideias passadas em tais conteúdos e aperfeiçoá-las.

Se você deseja ficar em primeiro lugar no Google, o buscador e os leitores devem achar o seu material o melhor. Por isso, melhore o que já está feito.

Perceba que você não irá copiar o conteúdo. Isso não pega nada bem para você e ainda pode te trazer punições. No entanto, não é proibido trazer as mesmas informações de modo diferente e melhorado.

Dê atenção ao termo “melhorado”. Caso você traga somente as mesmas informações de um jeito diferente, isso pode não trazer muitos resultados. O necessário é a atualização e apresentação otimizada do tema.

Neste caso, vale a pena saber bem sobre o seu conteúdo para, realmente, apresentar todas as informações do melhor modo.

4. Cuidado com a velocidade do site

A velocidade do seu site interfere diretamente nas taxas de rejeição e permanência. Isso porque um site que demora para entrar ou para carregar as ilustrações tende a afastar os visitantes. Mesmo que leve poucos segundos para abrir a página, muitos usuários podem desistir facilmente de prosseguir e voltar à página de resultados do Google.

Para evitar este tipo de problema, uma das coisas que merece a sua atenção são as imagens utilizadas no seu site. Arquivos muito grandes e pesados tendem a comprometer o carregamento da página, deixando-o mais lento.

Sendo assim, é necessário deixar as imagens mais leves, porém, sem perder a qualidade. É possível comprimir o arquivo por meio de aplicativos e sites que oferecem esse tipo de serviço, como o TinyPNG.

Além disso, o formato da imagem também tem seu poder de influência. É interessante que você faça o upload do arquivo no site já no formato que ele será utilizado (quadrado, retangular, com as medidas exatas).

Essa alteração pode ser feita pelo Paint (na opção “Redimensionar”, na aba “Imagem”) ou pela ferramenta gratuita da Adobe, presente na Adobe Creative Cloud Express.

5. Busque por backlinks

Backlinks são indicações de terceiros para o seu site. Quando outro site recomenda o seu, essa ação é bem-vista pelo Google, uma vez que ele entende que a sua página tem autoridade e é uma referência.

Quanto mais backlinks você conseguir, mais posições nas páginas de resultados você conquista. Além disso, quanto mais sites recomendando o seu e usando o link do seu site, mais acessos você pode ter.

Conseguir backlinks pode não ser uma tarefa tão fácil, principalmente para advogados ainda em início de carreira. Porém, não é impossível.

Uma forma mais fácil de fazer isso é fazendo posts como convidado em blogs de colegas de profissão. Com isso, você consegue alguns links para o seu site. Além disso, a estratégia pode ajudar tanto você quanto o outro profissional, já que vocês podem trocar links.

Outra maneira é investindo em conteúdos completos, ricos em informação e muito relevantes para o seu público-alvo. Vale a pena, ainda, colocar dados oficiais, como leis e emendas, a fim de dar credibilidade e veracidade ao seu artigo. Com matérias nesse estilo, outras páginas podem reconhecer sua autoridade e recomendá-lo.

Utilize os SEO Hacks no seu site jurídico

Os SEO Hacks são grandes aliados para crescer no ambiente digital e conquistar mais visibilidade. Por isso, vale a pena utilizá-los no seu marketing jurídico, sobretudo no site do seu escritório.

Apesar das redes sociais serem excelentes canais para comunicação e divulgação dos seus serviços de maneira adequada – seguindo as normas da OAB relativas à propaganda jurídica -, ter um site garante sua presença online, e agrega mais profissionalismo e credibilidade ao seu escritório.

Além disso, nele você também pode colocar as informações mais importantes do seu escritório, como endereço, meios e formulários de contato, áreas de atuação e serviços prestados, assim como conteúdos relevantes que te ajudam na construção da sua autoridade.

A criação de um site pode ser bem complexa, exigindo muito tempo, trabalho ou dinheiro, o que acaba se tornando um desafio para o profissional jurídico. Sabendo disso, a Justamente permite que você faça o seu site jurídico profissional em menos de 5 minutos e, o melhor, sem pagar nada.

Somos uma plataforma gratuita de criação de sites, pensada por advogados e para advogados. Os sites oferecidos são feitos por programadores, web designers e desenvolvedores, garantindo total profissionalismo à página criada.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento. Veja um passo a passo detalhado deste processo nesta matéria!

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!