Menu
Justamente
Entrar Criar site

Presença digital para advogados: por que é importante?

Equipe Justamente 21/06/22

A internet abriu portas para que negócios chegassem a públicos maiores. Os escritórios de advocacia, por exemplo, contam com recursos para divulgar serviços online e chegar a mais clientes. Nesse sentido, a presença digital para advogados se tornou algo essencial.

Imagine que, para buscar apoio jurídico, os clientes usam a internet, seja para fazer pesquisas no Google ou nas redes sociais. Por isso, é fundamental que os advogados invistam na sua presença digital.

A presença na internet é formada pelo uso de uma série de plataformas e ferramentas disponíveis online. A partir delas, os negócios têm as chances de aumentar sua projeção e, com isso, ampliar resultados.

Entenda mais sobre a visibilidade na internet e os motivos pelos quais os advogados precisam considerar as estratégias.

O que é presença digital? Por que investir na estratégia?

É fato: os negócios precisam adotar uma estratégia digital. Com a popularização da internet, as ações se tornaram essenciais para conquistar clientes e aprimorar os resultados internos.

Por esta razão, o investimento na presença digital pode ajudar no crescimento de empresas, sobretudo no relacionamento com clientes. Na prática, o negócio, como um escritório de advocacia, deve ter um site, perfis nas redes sociais e trabalhar com estratégias voltadas para a internet.

A presença digital consiste na permanência da empresa no universo virtual, assim como o negócio está presente em um ponto físico de atendimento. Entretanto, há exceções para as empresas que atuam apenas online.

Ou seja, o atendimento digital deve atender às demandas exigidas, proporcionando uma boa experiência para os consumidores que se relacionam com o negócio pela internet.

Muitas empresas apostam na presença digital pensando em processos simples. Mas, trata-se de um método baseado em planejamento e estudos frequentes. Caso contrário, as ações não atingem os resultados esperados.

Basicamente, a presença digital favorece a conexão com o público online. Desse modo, é possível ampliar os resultados do negócio, além de aprimorar a credibilidade da marca no ambiente digital.

Hoje, o trabalho nas redes sociais, a publicação de sites e a criação de campanhas online são os fatores que favorecem a presença digital do negócio. Veja abaixo como utilizar esses métodos no marketing jurídico para destacar o seu trabalho online.

Como advogados podem começar a presença digital?

Os advogados têm a liberdade da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para trabalhar com a publicidade jurídica e investir na presença digital. Entretanto, o órgão determina algumas limitações em dois documentos: o Código de Ética e Disciplina (CED) e o Provimento 205/2021.

Para trabalhar com a presença online, os advogados devem seguir algumas normas. Entre elas está a produção de conteúdos que informem e eduquem o público. Ou seja, não é possível utilizar orações e termos persuasivos.

Além disso, os advogados não podem fazer a mercantilização da advocacia, já que os serviços jurídicos não representam produtos à venda. A divulgação também não deve prometer resultados ou utilizar bens para influenciar o público.

A partir dessas premissas, os escritórios e advogados conseguem iniciar as estratégias para gerar uma presença digital. Por isso, os meios que apresentaremos a seguir devem ser feitos com base nas regras indicadas pela OAB. Confira!

1. Tenha um site jurídico para iniciar a presença digital

O site jurídico é uma etapa essencial para iniciar a presença online. A página, por sua vez, funciona como um cartão de visitas virtual, já que os advogados conseguem receber mensagens e explicar detalhes sobre o seu trabalho.

Hoje, os negócios precisam investir na criação de uma página na internet, mas não basta abrir o espaço e deixar de configurá-lo com frequência. A principal etapa é investir na criação de um site responsivo, que possa ser visitado de qualquer dispositivo.

A experiência oferecida pela página deve ser agradável e organizada. Caso contrário, o visitante fará a procura de outro site que possa responder às dúvidas.

Outro detalhe crucial está na identidade visual do site. Os elementos gráficos do escritório, que ficam presentes em documentos e cartões de visita, devem fazer parte da página, incluindo aspectos como cores e fontes das letras.

Portanto, a criação de um site jurídico é um passo quase que indispensável para os advogados que desejam investir na presença digital. Quer saber como ter uma página responsiva, sem pagar nada? Saiba mais!

Dica! Para aprimorar a presença digital do site jurídico, os advogados devem considerar a contratação de um domínio próprio para integrar ao site. Desse modo, o domínio pode trazer ainda mais credibilidade para a página.

2. Produza conteúdos nas redes sociais

A presença nas redes sociais é algo recorrente entre os profissionais de diversas áreas, e não é diferente para advogados. Hoje, boa parte dos especialistas jurídicos estão no Instagram, Facebook, LinkedIn, entre outras redes.

Os conteúdos publicados nesses sites são um excelente caminho para iniciar a presença digital, sobretudo porque há uma grande concentração de público nas plataformas.

Entretanto, não basta publicar fotos e fazer apenas as interações básicas. Os advogados precisam planejar as publicações nas redes sociais para que os seguidores interajam e ampliem a visibilidade do escritório e dos serviços.

Além disso, as postagens devem ser periódicas e abordar áreas de conhecimento do profissional, mas os advogados também podem chamar convidados para ilustrar algumas publicações.

Hoje, existem redes sociais com diferentes segmentos. O Instagram, por exemplo, suporta a publicação de vídeos e fotos. O LinkedIn, por outro lado, é uma plataforma profissional, onde os advogados conseguem fazer publicações sobre a carreira, além de artigos e imagens.

Por isso, é necessário considerar as possibilidades de publicações presentes nas redes sociais e desenvolver um planejamento de conteúdo eficiente. Isso pode fortalecer a presença online do advogado.

3. Blog jurídico favorece a presença digital

A produção de conteúdo é um dos braços do marketing digital e favorece a presença digital de negócios. Por esta razão, os advogados devem investir na criação de um blog dentro do site jurídico.

Os artigos presentes na página, quando otimizados para SEO, têm chances de aparecer em boas posições no Google. A partir disso, o site pode ter um número maior de acessos, por conta da maior visibilidade.

Assim como a produção de conteúdo para as redes sociais, a escrita de blog posts pode trazer destaque para os serviços do advogado, apresentados no site jurídico.

Durante a criação dos artigos, os advogados devem priorizar pontos das áreas de atuação, mas também utilizar ferramentas que trazem insights sobre assuntos que possuem certa relevância. Não esqueça!

Vale ressaltar que a produção de artigos deve prezar apenas por conteúdos informativos e educativos. Ou seja, os textos não devem ter trechos persuasivos, que representem a captura de clientes.

4. Cadastre o escritório no Google Meu Negócio

Qual é o principal meio de pesquisa entre os usuários da internet? A principal resposta para esta pergunta é a ferramenta de pesquisa do Google, e existem formas dos escritórios obterem destaque na plataforma.

O Google Meu Negócio é uma solução para empresas que desejam trazer destaque para o ponto físico de atendimento. Dessa forma, o escritório garante destaque no buscador e no Google Maps, plataforma de geolocalização da empresa.

Além de sinalizar o negócio no Google, o Google Meu Negócio permite que as empresas incluam informações que ajudam nas estratégias de marketing, como link do site jurídico, telefones e horário de atendimento.

Outro ponto importante sobre a configuração está na possibilidade de receber feedbacks, que ficam armazenados na página. Esse mecanismo traz credibilidade ao escritório, mas as opiniões devem ser publicadas de forma espontânea.

5. Invista na relação com clientes no ambiente digital

O site jurídico deve ter um espaço para receber mensagens dos visitantes. A partir deste canal, também é necessário responder às interações com possíveis clientes para seguir os atendimentos.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) estabelece regras para esse tipo de comunicação. Embora tenha certas restrições, é possível utilizar a ferramenta para contatos e fortalecer a presença digital do escritório.

Além da possibilidade de receber mensagens, os sites podem ter chatbots ou sincronizar o contato via WhatsApp. Desse modo, os advogados têm outros canais para que interessados consigam fazer contato.

Outra parte fundamental está no relacionamento com clientes nas redes sociais. Mesmo que as respostas possam ser concedidas apenas de forma particular, não deixe de recomendar o envio de mensagens por direct.

6. Crie campanhas de marketing jurídico

De acordo com o Provimento 205/2021, os advogados são liberados para fazer campanhas de marketing jurídico e direcionar tráfego para o site jurídico.

As ações podem ser feitas pelo Google Ads, plataforma de anúncios do Google, que permite o impulsionamento de páginas do site e campanhas de outros segmentos.

Vale ressaltar que as campanhas e conteúdos no marketing jurídico precisam ter caráter unicamente informativo e educativo. Além disso, os materiais não podem mercantilizar a advocacia ou promover a captação de clientela.

Com relação à presença digital, os conteúdos que são impulsionados ou as palavras-chaves garantidas em campanhas influenciam diretamente na visibilidade do escritório na internet. As ações colocam os conteúdos em posições de destaque, podendo ser acessados pelo público com facilidade.

Crie um site jurídico e aprimore sua presença digital!

Como vimos acima, a presença digital é um processo que envolve diferentes etapas, incluindo as redes sociais e o site jurídico. Entretanto, o site possui um papel ainda mais importante, pois trata-se de um canal completo de informações sobre o escritório.

Além disso, os interessados nos serviços jurídicos ainda podem conhecer as áreas de atuação e os profissionais disponíveis no escritório. Sendo assim, a criação do site é uma parte essencial para a visibilidade online do negócio.

A Justamente é a plataforma ideal para criar um site jurídico responsivo e otimizado para receber contatos. Em poucos minutos, os advogados têm uma página completa para divulgar entre colegas e familiares.

Para começar, faça um cadastro com e-mail e senha. Em seguida, informe alguns dados, como os serviços e áreas de atuação do escritório. Por fim, escolha um tema e publique o site. Veja como fazer!

Com o JusPremium, plano pago da Justamente, os advogados têm acesso a recursos exclusivos, como integração com serviços Google e a possibilidade de integrar um domínio exclusivo. Saiba mais!

Em caso de dúvidas, os especialistas da Justamente estão prontos para te ajudar. Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!