Menu
Justamente
Entrar Criar site

Por que usar o inbound marketing para advogados? Entenda!

Equipe Justamente 03/03/22

O inbound marketing para advogados é uma das principais estratégias que podem ser utilizadas para ampliar a visibilidade de escritórios e, consequentemente, aumentar o número de contratações.

O conjunto de técnicas é também conhecido como “marketing de atração” e consiste na produção de conteúdos relevantes e estratégicos para, assim como diz o nome, atrair leitores e clientes em potencial.

Embora seja uma estratégia mais passiva do que as utilizadas no marketing tradicional – que envolvem anúncios e propagandas que interrompem o usuário para oferecer-lhe algum produto ou serviço -, o inbound marketing é um grande aliado dos advogados, principalmente considerando as normas da Ordem dos Advogados relativas à publicidade.

Mas você sabe qual é a importância do inbound marketing no marketing jurídico? Saiba mais sobre esta estratégia e entenda por que ela é um ótimo investimento para os profissionais do Direito.

O que é o inbound marketing?

O inbound marketing é o marketing de atração. Trata-se de uma estratégia que consiste na produção de conteúdos de valor, para, dessa forma, atrair clientes em potencial.

Essa produção pode ser em diversos formatos, para publicação em blog posts, redes sociais, plataformas de vídeos, ebooks, entre outros.

Assim, o objetivo principal é ser encontrado pelo cliente e atraí-lo por meio de conteúdos que ficam disponíveis para o acesso dos interessados.

A partir do consumo e do relacionamento criado entre empresa e consumidor, o indivíduo pode decidir pela contratação.

Sendo assim, a diferença entre o marketing tradicional (outbound marketing) e o inbound marketing é que, no primeiro, a empresa vai até o cliente e lhe apresenta um produto ou serviço, na tentativa de convencê-lo a realizar a compra, enquanto no segundo, é o cliente que vai até a empresa.

Vale saber, ainda, que a produção de conteúdo no inbound marketing é direcionada a um público-alvo específico.

Ao invés de produzir conteúdo para qualquer pessoa, a produção será focada em pessoas que realmente podem se interessar pelos serviços prestados pela sua empresa.

E o inbound marketing para advogados?

Para os advogados, o inbound marketing segue a mesma linha, porém, com algumas regras específicas.

A OAB define regras especiais para a publicidade jurídica. Ações permitidas e proibidas podem ser encontradas no Código de Ética e Disciplina e no Provimento 205/2021 da instituição.

Ambos os documentos estabelecem que a publicidade na advocacia deve ser meramente informativa e primar pela discrição e sobriedade, sem configurar captação de clientela ou a mercantilização da profissão.

Isso significa que os conteúdos produzidos para o inbound marketing devem ser informativos, sem expressões que incitem o litígio ou que procurem convencer o leitor a buscar a contratação do advogado.

Há, ainda, outras práticas que são proibidas pela OAB, como a referência a valores de honorários, formas de pagamento e gratuidades, promessas de resultados, expressões de autoengradecimento ou comparação, entre outras.

Saiba mais sobre essas e outras práticas proibidas e permitidas nas nossas matérias sobre o Código de Ética e Disciplina e sobre o Provimento 205/2021.

Por que usar o marketing de atração?

Principalmente para os advogados, o inbound marketing é uma técnica que não pode faltar entre as estratégias de marketing digital planejadas. Isso porque a publicidade jurídica não pode ser como o marketing tradicional.

Quando a OAB determina que o marketing jurídico deve ser totalmente informativo, o marketing de atração surge como uma das principais alternativas para divulgar seu trabalho sem ferir as normas da instituição máxima.

Um dos pilares do inbound marketing é o marketing de conteúdo, uma vez que também envolve a produção de conteúdos de valor. Na publicidade jurídica, essa é uma estratégia fundamental, pois permite que o advogado atraia potenciais clientes com artigos sobre suas áreas de atuação e serviços prestados.

Os conteúdos oferecidos devem ser relacionados aos serviços jurídicos prestados pelo profissional, mas, ao mesmo tempo, interessantes e relevantes para o público-alvo.

Assim, juntamente com técnicas de aperfeiçoamento e otimização de página e conteúdo, o escritório pode ser encontrado no Google e demais buscadores a partir de pesquisas dos consumidores, e reconhecido como autoridade na sua área de atuação.

Quais os maiores benefícios do inbound marketing para os advogados?

Como explicado no tópico anterior, o inbound marketing é uma estratégia muito importante para os advogados, pois permite que eles façam a sua publicidade e divulgação por meio da produção de conteúdos jurídicos, seguindo adequadamente as normas da OAB.

A partir disso, essa linha do marketing não apenas é importante para o profissional do Direito, como também lhe traz alguns benefícios, como veremos a seguir.

1. Comunicação com o público-alvo adequado

Considerando que o inbound marketing é o marketing de atração, é importante que você atraia o público correto.

Neste caso, um dos benefícios desta estratégia é a comunicação com o público que realmente pode se interessar pelos seus serviços.

Esqueça a ideia de atingir o maior número de pessoas sem nenhum critério. Chegar até um consumidor que não precisa dos seus serviços ou que não tem o perfil dos seus clientes pode ser inútil, já que a contratação é muito improvável.

Assim, com o direcionamento, linguagem e temas bem estabelecidos, você pode atingir quem realmente tem chances de entrar em contato com você e contratar seus serviços.

2. Criação de relacionamento com o cliente

Outro benefício é a criação de um relacionamento entre o seu escritório e os clientes em potencial. Aqui, é importante ressaltar o desenvolvimento de conteúdos que seguem o chamado “funil de vendas”.

No marketing digital, o funil de vendas representa a jornada do usuário. O topo, que é a maior parte, é a etapa da descoberta, na qual os usuários descobrem uma necessidade ou problema, ainda sem buscar uma solução.

O meio do funil, que já é um pouco menor, reúne os visitantes que identificaram um problema e buscam uma solução, mesmo sem saber qual solução seria.

Já o fundo do funil é a etapa de decisão de compra, na qual os usuários entendem que o seu escritório pode ter uma solução e, assim, consideram uma contratação.

Para que um visitante passe pelo topo, meio e chegue ao fundo do funil, é importante que os seus conteúdos estejam enquadrados em cada uma dessas etapas. Ou seja, tenha artigos e publicações sobre descobertas, reconhecimento e decisão de compra.

Finalmente, quanto mais o usuário consumir suas publicações de topo de funil, maior será a aproximação entre vocês. A probabilidade dele avançar para as matérias de meio de funil é grande, e, assim, aumenta para que ele chegue ao fundo do funil, se fidelize ao seu escritório e contrate os seus serviços.

Além disso, mesmo que não haja uma contratação, o relacionamento estabelecido ainda pode gerar uma contratação indireta – seu visitante ainda pode te recomendar a outras pessoas.

3. Melhora no ranqueamento em buscadores

Com a produção frequente de conteúdos ricos e relevantes para o seu público-alvo, aliada às técnicas de otimização de conteúdo e página, seus artigos podem ser reconhecidos pelo Google mais rapidamente, além de ganharem boas posições (ranqueamento).

Quanto melhor a sua posição, mais acessos seu site receberá. O ideal é estar entre os primeiros resultados no Google e outros mecanismos de pesquisa a partir de uma busca orgânica – ou seja, feita com uma palavra-chave por um usuário.

Assim, quanto mais artigos você tiver, e quanto melhor for o seu conteúdo, maiores as chances de alcançar boas posições nos buscadores, receber mais acessos e conquistar mais clientes.

4. Reconhecimento de autoridade

Por fim, o benefício de reconhecimento de autoridade está bem relacionado ao de construção de relacionamento com seus clientes. Quanto maior o seu nível de relacionamento com um usuário, mais ele pode te reconhecer como uma referência no assunto jurídico.

A partir desse reconhecimento, a contratação pode ser uma consequência, assim como uma recomendação a quem se interessa pelos serviços oferecidos.

Ainda não tem um site jurídico?

Um dos principais canais onde você pode desenvolver e explorar o inbound marketing do seu escritório é um site jurídico.

Além de estar presente no online e deixar disponíveis as informações importantes sobre o seu negócio, como meios de contato, serviços prestados e dados institucionais, nele você pode adicionar uma página de blog e produzir conteúdos atrativos, assim como landing pages.

Apesar dessa importância, a criação de um site pode exigir muito tempo, trabalho ou dinheiro, o que pode ser um obstáculo. Sabendo disso, a Justamente permite que você faça o site profissional do seu escritório em menos de 5 minutos e, o melhor, sem pagar nada por isso.

Somos uma plataforma gratuita de criação de sites, pensada por advogados e para advogados. Os sites oferecidos são feitos por programadores, web designers e desenvolvedores, o que garante total profissionalismo à página criada.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento. Veja um passo a passo detalhado deste processo nesta matéria!

Feito isso, seu site estará pronto e você já poderá divulgá-lo para seus clientes, amigos e familiares, além de colocá-lo na sua assinatura de e-mail, cartão de visitas e outros materiais.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!