Menu
Justamente
Entrar Criar site

LinkedIn Ads para advogados: como anunciar nesta rede social?

Equipe Justamente 14/10/21

O LinkedIn Ads é a plataforma de anúncios do LinkedIn, a maior rede social profissional que existe. Para os advogados, a sua utilização pode ser uma ótima estratégia para ampliar o alcance do perfil e ter mais visibilidade.

A simples presença na rede social já é importante para o profissional jurídico, uma vez que permite que ele tenha uma interação maior com outros profissionais do ramo e, também, com o seu público-alvo – principalmente para advogados empresariais ou que atuam em causas específicas.

Porém, ao investir em anúncios na plataforma, é possível aumentar consideravelmente o seu público, já que os conteúdos chegarão a um número maior de usuários.

Ficou interessado? Saiba agora como funciona o LinkedIn Ads para advogados e entenda o que fazer para ter sucesso com a ferramenta no seu marketing jurídico.

O que é o LinkedIn Ads?

O LinkedIn Ads é a plataforma de anúncios do LinkedIn, pela qual advogados e outros profissionais podem desenvolver campanhas de anúncios e, com isso, levar seu conteúdo para mais pessoas ativas na rede social.

Se no LinkedIn você alcança as suas conexões e, possivelmente, conexões das suas conexões, com o LinkedIn Ads você tem chances de ter um alcance mais específico, chegando a quem realmente pode se interessar pelos seus serviços.

Isso acontece porque, pela plataforma, você segmenta o público do seu anúncio, considerando a área de estudo, cargo, setor, nível de experiência, localidade, entre outros.

O LinkedIn possui mais de 74 milhões de usuários em todo o mundo e é uma das redes sociais mais importantes para quem quer consolidar sua empresa no seu ramo, principalmente no ambiente virtual, e para quem busca novos negócios. Por isso, é um ótimo espaço para anunciar.

Como o LinkedIn Ads funciona para advogados?

Sendo uma rede social profissional, o LinkedIn é uma das primeiras plataformas pensadas quando falamos sobre negócios B2B, ou seja, entre empresas. Para advogados de todos os segmentos, a plataforma de anúncios é uma boa estratégia, porém, ela é ainda melhor para os profissionais cujo público-alvo são empresas ou profissionais específicos.

Diferente do Facebook, Instagram e outras redes sociais, os usuários do LinkedIn não buscam nele um conteúdo de entretenimento, mas sim algo que possa agregar em suas vidas profissionais.

Dessa forma, podemos destacar duas principais vantagens na utilização do LinkedIn Ads por advogados.

A primeira delas é o fortalecimento de marca – com sua publicação chegando a um número maior de pessoas, mais visibilidade você tem. Em uma situação dessa, você pode atingir justamente alguém que esteja precisando do seu auxílio jurídico, mesmo que ele não tenha feito esse tipo de busca.

Além disso, você também consegue aumentar sua credibilidade e ser reconhecido como referência na área pelos seus colegas de profissão. Assim, por mais que eles não sejam seus clientes em potencial, você pode ser recomendado por outros profissionais, principalmente se você for especialista em determinado ramo.

A segunda é especial para advogados empresariais e para os que trabalham em causas de profissionais de uma área específica, como acontece no Direito Médico, por exemplo. Lembrando-se do conceito do LinkedIn, nenhuma rede social é melhor do que ele para facilitar o contato entre os dois profissionais envolvidos – o advogado e o cliente.

O LinkedIn Ads é permitido para advogados?

Sim, os advogados podem, perante a Ordem dos Advogados do Brasil, utilizar o LinkedIn Ads para promover seus respectivos escritórios.

Enquanto o Código de Ética e Disciplina da OAB não menciona nenhuma proibição quanto ao uso da rede social e permite o uso da internet para a publicidade jurídica, o Provimento 205/2021 – que dispõe exclusivamente sobre a publicidade e informação na advocacia – autoriza a presença do advogado nas redes sociais, assim como o impulsionamento nessas plataformas.

Apesar disso, as permissões possuem suas condições. É fundamental que os profissionais do Direito tenham os cuidados necessários ao utilizarem esse tipo de mídia para evitarem punições da OAB.

A publicidade na advocacia deve ser meramente informativa, com caráter educativo e instrutivo, sem configurar mercantilização ou captação de clientela, e mantendo a discrição e sobriedade da profissão.

Em outras palavras, todo e qualquer conteúdo jurídico presente nas redes sociais ou outra plataforma online deve ter o objetivo único de instruir o leitor, deixando-o informado sobre determinado assunto e esclarecendo suas dúvidas. Expressões que estimulam a contratação de um advogado ou o litígio são vedadas pela Ordem.

Além disso, o próprio Anexo Único do Provimento 205/2021 permite o impulsionamento nas redes sociais, “desde que não se trate de publicidade contendo oferta de serviços jurídicos”.

Passo a passo para criar um anúncio no LinkedIn Ads

Criar um anúncio no LinkedIn Ads não demanda muito trabalho – é possível fazer isso em poucos passos. Para isso, é importante que você já tenha uma conta pessoal na rede social. Se ainda não tiver uma, faça a sua gratuitamente acessando esse link e clicando em “Cadastre-se agora”.

Caso você seja um advogado autônomo, sua conta pessoal no LinkedIn pode ser o suficiente. Já se você trabalhar em sociedade ou tiver um escritório (mesmo trabalhando sozinho), vale a pena criar um perfil para a empresa, ou seja, uma página.

Para fazer isso, acesse o seu perfil pessoal, clique em “Soluções” e depois em “Criar uma Company Page”. Em seguida, basta preencher os campos com as informações necessárias e, ao final, clicar em “Criar página”. Vale saber que esse processo só pode ser feito em um computador.

Passo 1. Acesse o Gerenciador de Campanhas

Para começar, entre no seu perfil pessoal, clique em “Soluções” (ao lado da sua foto de perfil), e depois em “Soluções de Marketing”. Você será redirecionado para outra página, onde deverá clicar em “Crie um anúncio”.

Feito isso, você estará no Gerenciador de Campanhas. Nele, será preciso criar sua conta de anúncios. Portanto, preencha os campos corretamente.

passo-1-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Dê um nome à sua conta de anúncios, defina a moeda em que você verá os valores e vincule a página do seu escritório no LinkedIn. Vale saber que, mesmo definindo o real brasileiro como moeda, as cobranças serão sempre feitas em dólar. No caso, os valores serão exibidos em real, e cobrados em dólar.

Depois, clique em “Aceitar e criar conta”.

Passo 2. Defina o objetivo da campanha

Na página em que você estiver, você pode dar um nome à sua campanha no campo “New Campaign Group” e clicar no botão azul “Avançar” ou em “Seleção de objetivo”, na barra lateral esquerda.

Você deverá escolher o objetivo da sua campanha. Por mais que a finalidade seja ter mais visibilidade, há objetivos diferentes que vão te ajudar a alcançar o resultado desejado.

Sendo assim, há 7 objetivos, divididos nas categorias “Conhecimento”, “Consideração” e “Conversões”. Ao passar o mouse sobre cada um deles, é possível ver uma pequena explicação sobre a opção, o que te ajudará a fazer a melhor escolha.

passo-2-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Um bom objetivo para sua primeira campanha é a opção de “Visitas ao site”, que levará mais pessoas ao site do seu escritório. Apesar disso, você também pode ter bons resultados com as opções de Consideração e de Conhecimento.

Ao escolher o objetivo que mais faz sentido para a sua campanha, basta clicar sobre ele para ir para a próxima etapa.

Para ilustrarmos o passo a passo dessa matéria, o objetivo escolhido foi de “Visitas ao site”.

Passo 3. Escolha o público-alvo do anúncio

Este é um dos passos mais importantes na criação do anúncio. Definir o público-alvo correto pode ser decisivo para ter bons resultados, uma vez que é isso que fará com que seu anúncio seja entregue às pessoas certas e que, realmente, podem contratar os seus serviços.

passo-3-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Comece definindo a localidade e o idioma. Clicando em “Restringir”, você pode fazer uma seleção mais criteriosa do público – é possível definir critérios de acordo com categoria de empresa, idade e gênero do usuário, formação e experiência profissional, interesses, entre outras coisas.

Ao fazer essas seleções, dê atenção especial à barra lateral direita. Nela estão os resultados previstos, que podem variar a cada decisão sua.

Ao finalizar essa etapa, é importante que você não deixe ativada a opção “Ativar ampliação de público”. Caso contrário, você pode gastar mais do que o previsto. Além disso, também vale a pena salvar esse público, caso você queira utilizá-lo em outro anúncio.

Passo 4. Selecione o formato do anúncio

Em seguida, escolha o formato da publicação que será veiculada. Ao passar o mouse sobre cada uma das 8 opções disponíveis, você pode ver uma pequena explicação sobre o formato.

passo-4-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Para advogados, boas opções de formato são os anúncios com imagem única, com imagem em carrossel, em vídeo e em texto.

Ao selecionar o formato desejado, não esqueça de colocar, novamente, a página do seu escritório no LinkedIn.

Além disso, na parte “Colocação”, não deixe a alternativa “Habilitar LinkedIn Audience Network” selecionada. Isso porque, caso ela esteja ativada, seu anúncio pode chegar a pessoas que não estão enquadradas no seu público-alvo, o que não é o ideal.

Passo 5. Defina o orçamento da campanha

É neste passo que você irá definir os valores envolvidos no seu anúncio. Em primeiro lugar, escolha entre ter um orçamento diário, total, ou diário e total. Depois, insira o valor que você pode investir, de acordo com a sua última escolha.

passo-5-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Neste caso, é interessante começar com valores pequenos. Conforme você for usando a plataforma e fazendo mais anúncios, aumente o valor, considerando sempre os resultados obtidos nas campanhas anteriores.

Faça também o agendamento da campanha. Coloque a data de início e, se preferir, a de fim.

A parte de “Lances” é mais avançada. Para não ter problema no início, procure deixar selecionada a opção “Exibição máxima (automatizada)”, deixando essa tarefa para o próprio algoritmo do LinkedIn Ads.

Feito isso, clique em “Avançar”.

Passo 6. Crie o conteúdo do seu anúncio

Na tela seguinte, clique em “Criar novo anúncio”. Defina o que vai ilustrar o anúncio (se for o caso), o tipo e a descrição do anúncio, e a URL de destino – no caso, o site do seu escritório. Depois, clique em “Criar” e depois em “Avançar”.

Ao escrever o texto do anúncio, não se esqueça de todos os cuidados necessários para afastar chances de ser punido pela OAB. Não inclua expressões mercantilistas, como “Contrate agora”, e nem as de autopromoção.

O mesmo é válido para as imagens e vídeos, que devem manter a discrição e sobriedade da advocacia. Portanto, as ilustrações devem ser discretas, sem elementos chamativos e cores vibrantes.

Passo 7. Confirme as informações

Finalmente, olhe atentamente para todos os campos e veja se todas as informações do seu anúncio estão corretas, inclusive as que envolvem valores. Caso precise fazer alguma correção, clique em “Voltar” e faça os reparos necessários.

Com tudo certo, clique em “Lançar campanha”.

Como configurar o pagamento do anúncio?

Depois de finalizar toda a configuração da sua campanha, é preciso configurar também a forma de pagamento. Afinal, sem isso, seu anúncio não poderá ser veiculado.

Para dar início, acesse o Gerenciador de Campanhas e selecione a conta que você criou. Depois, clique em “Campanhas”, na barra superior.

pagto-passo-1-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Selecione a opção que tem o nome da sua campanha na barra superior, ao lado da sua foto de perfil e do ícone de sino, e clique em “Central de Cobrança”. Em seguida, basta clicar em “Adicionar cartão de crédito” e informar os dados necessários.

pagto-passo-2-linkedin-ads
Passe o mouse sobre a imagem para ampliá-la.

Ainda não tem um site jurídico? Faça o seu com a Justamente!

Um dos objetivos em utilizar o LinkedIn Ads para advogados é levar o público atingido para determinado link, que pode ser o site do seu escritório. Com isso, além de ganhar mais reconhecimento, você também atrai mais visitantes para o seu site.

Porém, nem todo advogado já possui um site próprio. Diferente das redes sociais, o site é uma página que transmite mais credibilidade e profissionalismo, agregando muito mais valor ao negócio, e, por esse motivo, pode demandar muito trabalho ou muito dinheiro.

Apesar disso, essa não é uma tarefa impossível. Com a Justamente, você pode criar seu próprio site em menos de 5 minutos e ter uma página profissional para apresentar aos seus clientes de forma rápida e prática.

A Justamente é uma plataforma gratuita de criação de sites, pensada por advogados e para advogados. Os sites oferecidos são desenvolvidos por programadores, web designers e desenvolvedores, o que garante total profissionalismo à página criada.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento.

Feito isso, seu site estará pronto e você já poderá divulgá-lo para seus clientes, amigos e familiares, e utilizá-lo no seu anúncio do LinkedIn Ads, além de colocá-lo na sua assinatura de e-mail, cartão de visitas e outros materiais.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco! Ligue para (11) 96190-0210 ou escreva para [email protected]

Veja também!