Menu
Justamente
Entrar Criar site

Identidade visual para advogados: 5 dicas para incluir em sites jurídicos

Equipe Justamente 09/05/22

A identidade visual é essencial para destacar o trabalho dos profissionais de diversas áreas. Nesse sentido, ela também é fundamental em ações de marketing jurídico digital.

Em contrapartida, os advogados também devem pensar na criação de um site jurídico. A página, por sua vez, pode atrair destaque até os serviços jurídicos do escritório.

Desse modo, a identidade visual precisa estar presente no site e nos demais materiais de divulgação. Mas como incluir a proposta gráfica na página? Veja abaixo como fazer e quais cuidados considerar na hora de usar o material.

Como incluir a identidade visual para advogados no site jurídico?

O site jurídico funciona como um cartão de visitas virtual. Desse modo, os interessados conseguem conhecer os serviços jurídicos oferecidos e interagir com a página.

A vantagem do site está na possibilidade de atingir um público maior, oferecer informações completas sobre as áreas de atuação e apresentar os serviços jurídicos disponíveis.

Entretanto, para que a página traga o resultado esperado, é necessário que ela contenha a identidade visual do advogado ou do escritório. Isso também favorece a credibilidade do escritório.

Os recursos visuais permitem que a página possa ser identificada com facilidade. Além disso, o projeto precisa estar presente nas redes sociais, e-mails e outros conteúdos entregues ao público, como os cartões de visita físicos.

Veja como apresentar a identidade visual do escritório e padronizar os elementos nos sites jurídicos.

1. Cores do site e da identidade visual precisam estar em acordo

As cores presentes no website precisam evidenciar a identidade visual do escritório. Durante a criação do site, insira elementos nas tonalidades presentes no logotipo e elementos do escritório.

O uso das fontes utilizadas nos textos presentes no site jurídico também deve corresponder à identidade do escritório. Assim, a página transmitirá as características gráficas do negócio.

A inclusão da identidade visual do escritório por meio das cores equilibra o site com a proposta do escritório. Desse modo, há uma valorização com relação à comunicação do escritório.

Na criação da página, não esqueça de incluir os aspectos presentes na identidade visual para realizar menos alterações posteriores. Além disso, esteja próximo e veja como estão sendo aplicadas as etapas de edição.

2. Elabore um banner para a home page do site jurídico

Uma segunda forma de padronizar a identidade visual do escritório no site jurídico está na inclusão de banners personalizados. A imagem, por sua vez, deve transmitir os serviços do local.

A criação do banner pode ser feita em sites de design, como o Canva e o Figma. Na fase de desenvolvimento da identidade visual, é possível criar a imagem com as dimensões corretas para a página principal do site.

Caso queira diversificar os materiais gráficos, os advogados conseguem utilizar diferentes padrões de logotipos e fontes. Mas é necessário ter certos cuidados com o uso das imagens.

Vale ressaltar que, nas ferramentas de edições, os advogados conseguem criar diferentes padrões para serem publicados em outras plataformas, como nas redes sociais. Então, aproveite a etapa de criação da identidade para desenvolver os materiais.

Importante! As cores utilizadas na identidade visual precisam respeitar a sobriedade e discrição presentes na advocacia. A regra está presente no Provimento 205/2021 que orienta o marketing jurídico.

3. Crie um favicon para o escritório ao site

Já percebeu que, quando abrimos alguns sites em navegadores, há um ícone relacionado à página acessada? Pois bem, esta marca é uma forma de evidenciar a identidade visual do escritório.

O favicon, como o recurso é conhecido, pode ser implementado para surgir nos navegadores e também no site. Trata-se de um símbolo que representa o negócio ou parte do logotipo. Veja um exemplo:

Favicon_oficial_identidade_visual_para_advogados

Com o recurso, a página ganha uma espécie de marcador que orienta os usuários enquanto estiverem acessando o site do escritório ou do advogado. As dimensões do ícone variam entre 16X16 pixels e 32X32 pixels, sendo um arquivo de, no máximo, 1KB.

Para criar o favicon, os advogados têm ferramentas online e softwares que podem ser baixados no computador. Entre as opções disponíveis na internet estão o Favicon.io, o Favicon Geneator Tool e o Favicon.cc.

Contudo, a implementação do ícone ao site pode ser feita pelo FTP para incluí-lo no diretório raiz. Além disso, existe a opção de incluir o favicon pelo código HTML. Acesse o site de hospedagem e verifique as etapas para incluir o item no site.

4. Coloque o logotipo do escritório no topo do site

Para evidenciar a identidade visual nos sites jurídicos, os advogados também podem adicionar o logotipo do escritório no cabeçalho da home. Dessa forma, a imagem destaca o nome do escritório para os visitantes. Veja abaixo:

Todavia, adicionar o logotipo ao topo do site é uma forma de gerar credibilidade ao escritório, porque a imagem ficará visível quando visitantes acessarem a página.

De acordo com a proporção disponível no cabeçalho, padronize uma imagem com o logotipo e adicione-a ao layout do site durante a criação. Certifique-se de que o trecho ficará bem posicionado, sem distorções.

Importante! Um cuidado necessário é evitar o uso de recursos que estejam vinculadas à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Além disso, o Provimento 205/2021 orienta que os advogados não utilizem as dimensões e qualidades físicas do escritório em propagandas.

5. Configure o Google Meu Negócio

Os advogados também podem incluir a identidade visual no Google Meu Negócio. Nesse sentido, é fundamental incluir o logotipo do escritório entre as fotos cadastradas no perfil.

O Google Meu Negócio permite que os usuários localizem empresas que estejam próximas a eles. Por isso, vale a pena configurar a página com as informações do escritório.

Em uma pesquisa no Google que tenha relação com os serviços jurídicos oferecidos, os interessados podem localizar o escritório e fazer contato para conhecer os profissionais.

A princípio, é necessário cadastrar endereço, horário de atendimento, telefones para contato e o site jurídico. Além disso, os advogados conseguem adicionar fotos e o próprio logotipo do negócio.

Em resumo, a configuração do Google Meu Negócio é indispensável para o marketing jurídico. Saiba mais!

Por que investir na identidade visual no marketing jurídico?

A identidade visual é um elemento essencial para a divulgação de negócios, incluindo os escritórios de advocacia. Entretanto, é necessário respeitar as regras presentes no marketing jurídico.

Os conteúdos gráficos, por exemplo, precisam respeitar a sobriedade e a discrição presentes na advocacia. A regra inclui o uso de tonalidades e outros recursos que possam estar distantes dos padrões da OAB.

Considerando as regras, os advogados devem incluir o desenvolvimento da identidade visual em suas ações de marketing. Veja abaixo por quais razões investir na concepção do material gráfico.

1. Reconhecimento do público

Uma identidade visual marcante garante que o público reconheça uma marca com facilidade. Assim, os escritórios também podem se tornar populares com um material bem desenvolvido.

Para criar a identidade gráfica, os advogados precisam entender quais valores desejam transmitir ao público, sobretudo com relação à persona do escritório.

Contudo, não basta apenas desenvolver um excelente material gráfico e publicá-lo nos canais disponíveis. Os serviços do escritório precisam ser de qualidade, para destacar os princípios da consultoria.

2. Credibilidade ao escritório

A junção de uma boa comunicação visual com um atendimento de qualidade trazem credibilidade ao escritório. Por esta razão, ambos os recursos precisam ser utilizados pelos advogados.

Com relação à advocacia, os profissionais precisam considerar os aspectos que afetam a relevância do escritório entre colegas e clientes. A partir disso, investir em mudanças que ajudem a popularizar o negócio.

A produção de conteúdo jurídico é um caminho para transmitir conhecimentos e trazer credibilidade para o escritório de advocacia. Desse modo, é necessário publicar conteúdos regulares, considerando a criação de infográficos com a identidade do escritório e informações úteis.

3. Destaque em diferentes plataformas

A identidade visual precisa estar em outros locais além do site jurídico. Nesse sentido, as publicações nas redes sociais devem trazer elementos gráficos que representam o escritório.

Nas imagens e vídeos veiculados nas mídias sociais, os advogados podem adicionar a marca d’água do logotipo. Por outro lado, ainda é possível adicionar um rodapé ou layout às imagens que transmita a identidade visual do escritório.

Além disso, os elementos gráficos do escritório podem estar presentes em outros materiais, como ebooks, capas de podcasts e demais materiais ricos. Por isso, lembre-se de preparar elementos gráficos voltados para diferentes mídias.

Crie um site com a identidade visual do seu escritório!

Os advogados que pretendem iniciar a presença online devem investir na criação de um site jurídico. Na página, os elementos gráficos do escritório precisam estar presentes.

Com a Justamente, os advogados criam um site jurídico em poucos minutos e iniciam sua presença na internet. E o melhor: os profissionais não precisam pagar pelo desenvolvimento da página.

Para começar, faça um cadastro com e-mail e senha. Em seguida, informe as áreas de atuação, serviços jurídicos e outras informações do escritório. Por fim, escolha o tema, cores e fontes do site. Veja o processo completo.

Caso queira aprimorar o site jurídico criado com a Justamente, os advogados podem contratar o JusPremium. O plano garante artigos ilimitados no blog, integração com ferramentas do Google, entre outros serviços.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!