Menu
Justamente
Entrar Criar site

É possível divulgar um case de sucesso sem desrespeitar as normas da OAB?

Equipe Justamente 07/06/22

Para os advogados, divulgar um case de sucesso pode ser uma ótima estratégia para demonstrar profissionalismo e competência para possíveis interessados em seus serviços jurídicos. Porém, antes mesmo de pensar em como fazer isso, é necessário considerar as normas da Ordem dos Advogados do Brasil, a OAB.

Na advocacia, as formas de publicidade são bem limitadas e regulamentadas pelo Código de Ética e Disciplina da OAB e pelo Provimento 205/2021. Tais documentos indicam as práticas que podem ou não ser feitas pelos profissionais jurídicos, e não devem ser ignorados.

A seguir, saiba se é possível incluir um case de sucesso no site do seu escritório e, ainda assim, respeitar as normas da OAB, se afastando de possíveis punições.

O que as normas da OAB falam sobre a divulgação de cases de sucesso?

O Código de Ética, em seu Art. 42, indica que o advogado não pode “divulgar ou deixar que sejam divulgadas listas de clientes e demandas”.

Na mesma linha, o Provimento 205/2021 também afirma ser vedada a “utilização de casos concretos ou apresentação de resultados”. A proibição se encontra no Art. 5º do documento, assim como no Art. 6º e no Anexo Único.

Sendo assim, a OAB é clara ao não permitir a divulgação de casos concretos assumidos por escritórios de advocacia, seja como propaganda ou em artigos para blogs ou redes sociais.

Em outras palavras, a divulgação de cases de sucesso é vedada pela entidade máxima jurídica. Porém, apesar disso, ainda há uma solução.

Como publicar um case de sucesso seguindo as normas da OAB?

Se a OAB proíbe a divulgação de cases de sucesso, casos concretos e seus resultados, assim como listas de clientes e demandas, como inserir no seu site jurídico a história de um cliente que deu certo ao te contratar?

Mesmo com essa limitação, você ainda pode utilizar em seus artigos educativos a informação de um caso fictício.

A OAB determina que a publicidade jurídica deve ser meramente informativa e prezar pela sobriedade e discrição da profissão, sem configurar captação de clientela ou a mercantilização da advocacia.

Neste caso, você pode produzir conteúdos informativos como forma de mostrar a autoridade e conhecimento do seu escritório no tema abordado.

Para aproximar o assunto ainda mais do leitor, é possível usar exemplos e, aqui, incluir um caso fictício que ajude o leitor a entender o processo para a solução do seu eventual problema.

Mesmo que seja um caso real administrado pelo seu escritório, você não precisa inserir essa informação. E lembre-se, é claro, de não utilizar nomes reais – um caso fictício tem nomes fictícios, ou nem mesmo utiliza nomes.

E quanto a depoimentos de clientes?

Assim como um case de sucesso, os depoimentos também merecem atenção quanto às normas da OAB. A prática, dependendo de como for, pode ser considerada uma forma de captação de clientela, uma vez que tais depoimentos podem ser fatores de influência para a contratação.

Por isso, caso você queira inseri-los em seu site, é essencial que você tenha cuidado, a fim de evitar punições da OAB. Evite expressões que sejam persuasivas ou de comparação, como indica o Art. 3º do Provimento 205/2021.

Além disso, listas de clientes também não podem ser divulgadas. Portanto, mesmo que você queira divulgar elogios e feedbacks, os nomes dos clientes devem ser ocultados.

Como atrair clientes com o site jurídico?

O site jurídico é, por si só, um avanço na modernização do seu escritório, uma vez que demonstra mais profissionalismo a quem já conhece o seu serviço. Porém, se a intenção é conquistar mais clientes com a página online, o que fazer sem apresentar opiniões reais que podem convencer demais pessoas?

A própria OAB, em seu Provimento 205/2021, dá uma dica de como o advogado pode fazer isso. No Art. 2º, o documento define o marketing de conteúdos jurídicos como uma “estratégia de marketing que se utiliza da criação e da divulgação de conteúdos jurídicos, disponibilizados por meio de ferramentas de comunicação, voltada para informar o público e para a consolidação profissional do(a) advogado(a) ou escritório de advocacia“.

Sendo assim, a produção de conteúdos informativos e direcionados ao público-alvo do escritório é uma das principais formas que o advogado tem para se consolidar primeiramente na internet e, em seguida, na vida real.

Com artigos relevantes, autênticos, com informações valiosas e bem acessíveis aos leitores, o advogado só tem a ganhar. Pessoas que têm contato com os conteúdos entendem que o escritório é uma referência na área e passam a ter mais confiança, considerando uma possível contratação, se necessário.

Além disso, ao aplicar as técnicas de SEO (Otimização para Mecanismos de Busca, em português) nas matérias, elas ganham posições no Google e conquistam mais visibilidade nas páginas de resultados do buscador. Assim, sua página recebe mais acessos e mais pessoas têm contato com seu conteúdo, o que só contribui para a construção da sua autoridade.

Vale lembrar que as técnicas de SEO devem ser aplicadas em todo o site, e não apenas nos conteúdos produzidos. Confira as nossas matérias sobre SEO On Page e SEO Off Page.

Faça seu site jurídico com a Justamente!

Como vimos no tópico anterior, o site jurídico por si só já é um avanço para a modernização do escritório. É com ele que você pode estabelecer sua presença digital e ser encontrado por pessoas de todo o país, aumentando o seu raio de atendimento e, consequentemente, sua cartela de clientes.

Apesar de oferecer tantos benefícios, desenvolver um site pode ser uma tarefa não tão fácil. Você pode contratar profissionais para fazer um para o seu escritório – o que pode envolver uma quantia bem alta de dinheiro – ou tentar fazer você mesmo, gastando tempo e tendo trabalho.

Sabendo disso, a Justamente permite que você faça o seu site jurídico em menos de 5 minutos e sem pagar nada por isso. Somos uma plataforma gratuita de criação de sites, pensada por advogados e para advogados.

Os sites oferecidos são feitos por programadores, web designers e desenvolvedores, garantindo total profissionalismo à página criada.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento. Veja um passo a passo detalhado deste processo nesta matéria!

Feito isso, seu site estará pronto e você já poderá divulgá-lo para seus clientes, amigos e familiares, além de colocá-lo na sua assinatura de e-mail, cartão de visitas e outros materiais.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!