Menu
Justamente
Entrar Criar site

Como fazer infográficos para marketing jurídico? Descubra!

Equipe Justamente 17/01/22

As imagens precisam fazer parte da produção de conteúdo. Nesse sentido, elas devem estar presentes em artigos e posts para as redes sociais. Além disso, os infográficos também podem ser úteis em sua estratégia de marketing.

Para explicar alguns temas, o uso das imagens é indispensável, principalmente quando falamos sobre alguns assuntos jurídicos mais complexos. De acordo com o tema, um bom material ilustrativo pode esclarecer melhor as dúvidas do leitor.

Você não precisa ser um profissional para produzir artes e ilustrações. Com algumas ferramentas, é possível desenvolver infográficos que expliquem temas considerados complexos. Veja abaixo como começar!

O que são infográficos? Por que criá-los?

Os infográficos são ilustrações que trazem dados sobre o assunto abordado em artigos e posts. Desse modo, o leitor consegue compreender, de forma prática, sobre o tema apresentado no texto.

Essas imagens são importantes para a produção de conteúdo, porque facilitam o entendimento de processos que possuem certa complexidade. Junto com o texto, a ilustração formará um conteúdo rico e de fácil compreensão.

Em assuntos jurídicos, por exemplo, as infografias podem ser úteis para entender mais sobre leis, processos e outros pontos ligados à advocacia. Por isso, o uso regular de infográficos é essencial nas redes sociais e artigos para blogs.

Conheça as opções para desenvolver infográficos ricos e enriquecer os seus conteúdos.

5 ferramentas para fazer infográficos no marketing jurídico

Entre as ferramentas disponíveis para a criação de infográficos e ilustrações, você pode encontrar opções gratuitas e pagas. Todas elas costumam ajudar nas estratégias de marketing, então fique à vontade para testá-las. Confira!

1. Canva

O Canva é uma ferramenta popular para quem pretende criar as próprias artes, incluindo os infográficos. A plataforma oferece templates prontos, onde os criadores precisam apenas editá-los com as informações da publicação.

Para as redes sociais, o Canva oferece as proporções corretas para produzir artes. Dessa forma, você pode criar ilustrações de acordo com a identidade visual do seu escritório e alterá-las sempre que quiser um novo post.

Quer fazer gráficos com informações sobre a sua área de atuação na advocacia? No Canva, você encontra diferentes opções para dar os primeiros passos na criação de ilustrações. Veja um exemplo abaixo disponível no site.

Infográfico-Canva

Você não precisa pagar para utilizar o Canva. Basta acessar o site e fazer um cadastro. Além disso, a plataforma possui inúmeros recursos para suas estratégias de marketing. Saiba mais!

2. Figma

Semelhante ao Canva, o Figma pode ser utilizado online ou por meio do download em computadores. Ele ajuda na criação de designs para diferentes objetivos, incluindo ilustrações e infográficos.

A plataforma está disponível em inglês, mas possui fácil usabilidade. Isso, porque ela também possui layouts e peças pré-prontas, onde você pode fazer as alterações necessárias para criar as artes.

Você também consegue mudar o tamanho dos elementos do infográfico. Para isso, basta utilizar os comandos no menu lateral direito. Além disso, você pode alterar as dimensões da arte na opção “Frame”.

No Figma, é possível trabalhar em equipe nas criações. Assim, os colegas do escritório conseguem fazer edições e sugerir alterações nos materiais desenvolvidos. Veja abaixo a tela de edição da ferramenta.

Infográfico-Figma

3. Adobe Photoshop

Quando falamos sobre a criação de ilustrações e infográficos, você deve ter pensado no Photoshop, certo? Ele é o programa mais completo para fazer edições de fotos, criação de designs e outras peças ilustrativas.

No entanto, as funcionalidades do Adobe Photoshop são complexas quando comparadas às opções gratuitas, como o Canva e o Figma. Em alguns casos, é necessário investir em cursos para desbravar a plataforma por completo.

Além disso, o Adobe Photoshop é um serviço pago, o que trará custos mensais para o seu orçamento. Os planos custam a partir de R$90 ao mês.

Contudo, ele é uma ferramenta completa para desenvolver infográficos e fazer edições complexas. Se quiser entregar uma experiência visual completa no seu site jurídico ou nas redes sociais, ele é uma ótima escolha.

4. Desygner

O Desygner é uma ferramenta online para editar imagens e criar ilustrações. Ele funciona de maneira semelhante ao Canva e ao Figma, mas para utilizar todas as funcionalidades da ferramenta, é necessário fazer uma assinatura.

Para quem deseja criar infográficos, mas também produzir outros tipos de ilustrações para as redes sociais e artigos de blogs, o Desygner é uma ótima escolha.

Outros recursos disponíveis na ferramenta podem ajudar na criação de banners para as redes sociais e canais no YouTube, além de apresentações, documentos e peças para campanhas de marketing digital.

5. Flourish

O Flourish é uma plataforma para criar infográficos, desde modelos simples até opções interativas. Desse modo, você tem liberdade para criar gráficos que enriqueçam ainda mais os conteúdos desenvolvidos por você.

A plataforma possui uma versão gratuita, onde você consegue cadastrar planilhas com informações e, automaticamente, a ferramenta os transforma em infográficos.

Para incluí-los em artigos do blog ou nas redes sociais, você pode copiar o código (embed) atrelado ao gráfico. Além disso, é possível fazer o download da imagem gerada pelo Flourish e publicá-la com o texto.

Vale saber que os infográficos produzidos pelo Flourish ficam abertos para a consulta de outros usuários. Caso não queira compartilhar as suas criações, é necessário contratar a versão premium da plataforma.

O que considerar na hora de criar infográficos no marketing jurídico?

Como mostramos há pouco, os infográficos podem ser fundamentais para explicar determinados assuntos. Mas, na hora de criá-los, você deve considerar alguns pontos básicos para que eles contribuam com a sua estratégia.

Por isso, selecionamos alguns pontos para você ficar atento na hora de desenvolver os seus infográficos. Confira!

1. Considere as regras sobre o marketing jurídico

O Provimento 205/2021 é um documento desenvolvido pela Ordem dos Advogados do Brasil, a OAB, para orientar o marketing jurídico. De acordo com as regras, os conteúdos precisam seguir a sobriedade e a discrição da advocacia.

Por isso, você deve ficar atento às cores utilizadas na produção dos infográficos e ilustrações. Evite a utilização de cores fortes e intensas, que possam ficar distantes dos padrões solicitados pela OAB.

2. Crie um texto que complete o infográfico

Os infográficos ajudam a esclarecer os temas abordados em uma publicação. No entanto, os textos que acompanham o material precisam estar bem escritos para que o leitor consiga entender a publicação por completo.

Então, quando for desenvolver as ilustrações para exemplificar um assunto, pense também em uma descrição objetiva, que ajude na compreensão do leitor.

3. Organize as informações na ilustração

A ideia do infográfico é facilitar o entendimento sobre o assunto abordado. Mas, se não houver uma organização das informações que farão parte da ilustração, você pode confundir o leitor.

Portanto, quando for criar o infográfico, organize os dados da ilustração para que os leitores consigam entender o assunto abordado. Além disso, utilize funcionalidades, como o carrossel do Instagram, para deixar o assunto claro.

4. Não esqueça da identidade visual do escritório

Na hora de produzir as ilustrações para as publicações, lembre-se da identidade visual do seu escritório. As artes devem dialogar com as cores e o layout do seu site jurídico.

Quando os infográficos estão de acordo com a identidade do escritório, você mantém a comunicação visual escolhida em sua estratégia, o que pode ampliar a credibilidade dos seus serviços.

5. Procure citar as fontes das informações

Por último, mas não menos importante, está a citação das fontes onde as informações do infográfico foram coletadas. Este hábito traz credibilidade para os conteúdos do escritório, o que também pode atrair clientes.

Na área jurídica, existem inúmeras leis, normas e regulamentações que podem gerar dúvidas nos leitores. Além de explicá-las, você também pode indicar em quais artigos, parágrafos ou documentos elas pertencem.

A Justamente pode te ajudar em suas estratégias de marketing jurídico!

Já pensou em criar um site jurídico para apresentar os seus serviços? Na Justamente, você pode criar uma página em até cinco minutos e ampliar sua presença online.

Na plataforma, você cadastra as áreas de atuação, serviços e os advogados do escritório. Além disso, você também pode acessar suas redes sociais para que os clientes consigam acompanhar os seus conteúdos pelos canais.

O site criado na Justamente também possui um espaço para publicar artigos e inserir os infográficos. Com o plano JusPremium, você pode fazer publicações ilimitadas e desenvolver conteúdos sobre os seus serviços. Saiba mais!

Comece agora a criar o seu site com a Justamente e aumente a visibilidade dos seus serviços jurídicos na internet.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!