Menu
Justamente
Entrar Criar site

Como criar um site responsivo para advogados? Descubra!

Equipe Justamente 01/04/22

Entre as várias características que um site para advogados deve ter, ser responsivo é uma das principais. A responsividade consiste em permitir que o conteúdo do site – tanto elementos visuais como elementos textuais – se adaptem aos diferentes tipos de tela, como as de celular, computador, tablet, entre outros dispositivos.

Trata-se de um fator fundamental em qualquer site, pois influencia diretamente na experiência do usuário. Ao entrar em um site que não está adaptado ao seu tipo de tela, o visitante pode facilmente desistir e procurar outra página para explorar.

Sabendo dessa importância, desenvolvemos esta matéria para te ajudar a criar o seu site responsivo e atrair cada vez mais acessos e potenciais clientes. Confira!

Como funciona um site responsivo?

Um site responsivo para advogados permite que todo o conteúdo presente na página seja bem apresentado em telas de diferentes dispositivos. Um site que não tem essa característica tende a apresentar imagens e textos distorcidos, muito grandes ou muito pequenos, o que prejudica a usabilidade do site pelo usuário.

É verdade que mais de 90% da população usa o celular para fazer pesquisas diversas. Porém, isso não exclui a parcela de pessoas que utilizam o computador. Sendo assim, é fundamental que a responsividade esteja presente na página online, para que ela se adapte ao tipo de tela utilizada por cada cidadão.

Além disso, as telas dos celulares também são diferentes entre si. Há celulares de diferentes formatos, e, novamente, é fundamental que o conteúdo possa ser visto da forma correta em todos eles.

No caso de um site não responsivo, há uma série de fatores que podem atrapalhar – e muito – o seu leitor, podendo, inclusive, fazê-lo desistir de acessar sua página.

O texto pode não ficar alinhado com as imagens, muito grande ou muito pequeno, impossível de ser lido completamente (com cortes no meio do texto), sobrepor as imagens ou outros textos, e ainda outros tipos de problemas. As imagens também podem afetar a experiência de quem visita o seu site, ficando distorcidas, muito grandes ou muito pequenas, sobrepondo os textos, ficando cortadas, entre outras complicações.

Por que ter um site responsivo?

Ao entender como um site funciona quando ele tem responsividade e quando ele não tem, pode-se entender, também, a importância deste fator na página online.

Sem poder navegar adequadamente por um site e tendo uma experiência ruim com a página, o usuário pode facilmente desistir de conhecê-la e buscar por outros resultados.

Ou seja, o acesso que você teria, que poderia durar alguns minutos e que poderia até chamar a atenção do leitor para outros temas, você não terá mais.

Essa desistência por parte do usuário influencia diretamente nas taxas de permanência e de rejeição do seu site. Uma vez que o ideal é que as pessoas entrem na sua página e fiquem nela um tempo considerável (até mesmo para ler todo o conteúdo e conhecer outras áreas do site), quando elas desistem e rejeitam a sua página, você tem o resultado inverso.

A taxa de permanência cai, ao mesmo tempo em que a taxa de rejeição aumenta. Assim, fica mais difícil alcançar boas posições no Google e ser encontrado por mais pessoas, que poderiam ser clientes em potencial.

Como ter um site responsivo para advogados?

Ao criar o seu site para advogado, é essencial que você se lembre da importância da responsividade e adicione essa característica à sua página. Mas como fazer isso?

Se você já tem um site jurídico, para torná-lo responsivo, é preciso ir até as configurações dele e fazer as alterações necessárias. Caso seu site tenha sido feito por um profissional especialista na área, por exemplo, você pode falar com ele e pedir que ele faça essa configuração para você.

Porém, se você ainda não tem um site, há maneiras diferentes de criar um do zero e já responsivo. Entenda melhor abaixo.

1. Contratando um profissional para a criação

Se você não tem os conhecimentos necessários e nem tempo para criar um site responsivo do zero, é possível contratar profissionais especializados na área de criação para fazer isso para você.

Você pode tanto buscar os profissionais um por um, como programador, desenvolvedor e web designer, quanto uma agência que te oferece o site por completo.

Esta opção é interessante para quem quer um site totalmente personalizado e tem condições financeiras para bancar o projeto – normalmente, pede-se, aproximadamente, a partir de R$2 mil por site, podendo ser um valor maior de acordo com a demanda e com o profissional.

Neste caso, basta passar as informações do seu escritório ao profissional, dizer o que você quer que o site tenha – não esqueça de dar ênfase sobre a responsividade do site -, detalhes sobre o design, entre outros dados importantes, e aguardar o prazo indicado.

Vale a pena saber que o prazo pode não ser tão curto quanto você espera. Normalmente, os profissionais ou agências podem levar semanas ou até meses para concluir o seu site.

2. Alugando um site responsivo

Outra forma de ter um site responsivo para advogados é alugando um. Existem empresas que permitem que você alugue um site por um tempo determinado, bastando escolher os templates disponíveis, enviar as informações que devem estar na sua página online e pagar a mensalidade.

Ao procurar a empresa para fazer o aluguel, não deixe de verificar todas as características do site – se ele é otimizado, se ele permite personalizações e, principalmente, se ele é responsivo.

Analise também a mensalidade cobrada. Embora seja menor do que o preço cobrado por profissionais ou agências especializadas, é interessante saber se o valor está de acordo com o seu orçamento mensal.

Além disso, assim como em um aluguel qualquer, é necessário renovar o contrato para continuar com o site. Neste caso, considere isso também na hora de fazer a contratação, lembrando que, caso você não opte pela renovação, você corre o risco de perder seu domínio.

3. Utilizando plataformas gratuitas

Outra alternativa é optar por plataformas gratuitas que permitem que você mesmo faça o seu site de forma fácil e rápida, e sem gastar muito dinheiro.

Neste tópico vale a mesma dica do tópico anterior: procure por empresas que já entreguem um site responsivo, para que você possa usar o seu tempo para outras coisas.

Apesar de serem gratuitas, algumas plataformas também podem trabalhar com planos pagos, além dos gratuitos. Normalmente, eles dão acesso a recursos mais avançados e a um atendimento superior.

A Justamente é uma das plataformas gratuitas de criação de sites que já oferece um site responsivo aos seus clientes, facilitando o processo de criação para os usuários, principalmente aqueles que não têm conhecimentos avançados nesta área.

No entanto, o diferencial da Justamente é que ela é direcionada especificamente para o público composto por profissionais jurídicos. Pensada por advogados e para advogados, ela permite que você crie seu site responsivo em menos de 5 minutos e, o melhor, de forma 100% gratuita.

Como funcionam os sites responsivos da Justamente?

A Justamente sabe que os advogados não têm tempo a perder, assim como ela entende a complexidade de criar um site. Porém, ela também sabe a importância da presença digital do profissional jurídico, e sabe que, por meio de um site, ele pode ter muito mais visibilidade e agregar profissionalismo e credibilidade ao seu escritório.

Por essa razão, seus sites já são responsivos, permitindo que o advogado proporcione aos seus visitantes uma boa experiência em seu site independente do dispositivo utilizado pelo usuário.

Os sites oferecidos pela Justamente são feitos por programadores, web designers e desenvolvedores, o que garante total profissionalismo à página.

Além disso, tratando-se de um público composto por advogados, a plataforma também se atentou às normas da Ordem dos Advogados do Brasil quanto à publicidade jurídica. Os templates disponíveis respeitam a sobriedade e discrição da advocacia, resultando na criação de uma página que segue os princípios de ética da instituição máxima.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento. Veja um passo a passo detalhado deste processo nesta matéria!

Feito isso, seu site estará pronto e você já poderá divulgá-lo para seus clientes, amigos e familiares, além de colocá-lo na sua assinatura de e-mail, cartão de visitas e outros materiais.

Vale a pena dizer que depois de criar o seu site e levá-lo ao ar, você ainda pode personalizá-lo da forma que desejar. Os templates são sugestões, as quais você também pode personalizar conforme quiser, mudando as fontes e as cores.

Porém, atente-se às cores que irá escolher. Cores muito vibrantes e chamativas não condizem com a moderação, discrição e sobriedade da advocacia. Para entender mais sobre o assunto e não errar no seu site jurídico, saiba mais sobre o Código de Ética da OAB e sobre o Provimento 205/2021.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!