Menu
Justamente
Entrar Criar site

Cartão de visita para advogados: quais são as regras para distribuí-lo?

Equipe Justamente 20/04/22

O cartão de visita é um material presente na rotina dos advogados. Nele, estão informações de contato e endereço para que interessados façam contato com o profissional.

Mesmo com os avanços do marketing digital jurídico, os advogados ainda utilizam o cartão de visitas para estabelecer relacionamentos com clientes e colegas.

Entretanto, existem regras para entregar o material. Você sabia que o cartão não pode ser distribuído em vias públicas? Pois bem, entenda mais sobre as normas para distribuí-lo e veja como criar o cartão de visitas!

Advogados podem distribuir cartão de visita?

A princípio, os advogados podem utilizar os cartões de visita. No item, os especialistas devem colocar informações de contato, endereço e o registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Para os profissionais, os cartões são uma maneira de ficar à disposição de possíveis clientes. Assim, eles podem entrar em contato ou ir até o escritório para buscar atendimentos e tirar dúvidas.

O cartão é uma facilidade para os profissionais, mas há regras para utilizá-lo nas estratégias de marketing jurídico. A distribuição, por exemplo, precisa respeitar certas normas.

Em primeiro lugar, os cartões de visita não podem ser distribuídos em vias públicas, como ruas e praças. Nos centros com maior fluxo de pessoas, é comum vermos a entrega do material, mas ela não é liberada.

A distribuição também é proibida em regiões próximas a fóruns e repartições públicas.

De acordo com o Provimento 205/2021, que orienta a publicidade jurídica, a distribuição do cartão de visita não pode ser feita em áreas públicas. Os panfletos, brindes e outros materiais impressos também não devem ser entregues.

Além disso, os cartões de visita não podem conter textos persuasivos, que prometam resultados ou até mesmo mencionem os valores de honorários.

Por fim, os advogados estão liberados para usar cartões de visita, desde que não sejam distribuídos em vias públicas. Caso contrário, a OAB pode penalizar o escritório ou o profissional responsável pelo cartão.

Em quais ocasiões os advogados devem usar o cartão de visita?

De forma geral, os advogados devem conceder o cartão de visitas apenas para colegas, amigos e outras pessoas que solicitem o material. Nesse sentido, é importante que o advogado sempre leve consigo algumas cópias.

Entre os locais que permitem a distribuição estão os eventos de interesse jurídico. Ou seja, os advogados que vão participar de simpósios e encontros com colegas da área podem entregar os cartões.

Mas, verifique as regras do evento relacionadas a esses tipos de ações. Em algumas ocasiões, o evento pode vetar a distribuição de materiais publicitários, como os cartões de visita.

Por último, os advogados podem entregar o cartão dentro do próprio escritório. O material, por sua vez, permite que os clientes tenham o contato do local em caso de dúvidas.

Por que criar cartões de visita para o seu escritório?

Mesmo que haja certas restrições para a distribuição do cartão de visita, os advogados devem investir na produção do material. Ele traz informações relevantes para possíveis interessados nos serviços jurídicos.

Desde que a distribuição respeite as normas indicadas pela OAB, os advogados devem aproveitar os benefícios presentes na entrega do cartão de apresentação.

Afinal, o formato do cartão (8cm x 5 cm) é prático, pois cabe na carteira. Em caso de emergências, as pessoas que estão com o material em mãos podem encontrar o advogado com facilidade.

Na prática, o cartão de visitas dos escritórios de advocacia precisa conter:

Contudo, saiba que o cartão pode ser entregue no formato físico ou digital, vai depender da ocasião. Veja abaixo como criar o material.

Como criar cartão de visita para advogados?

Hoje, os advogados conseguem criar o design de cartões de visita com facilidade. Existem ferramentas online, como o Canva e o Figma, que facilitam o processo de criação.

Antes de tudo, abra os sites e trabalhe com as medidas (8cm x 5cm). Em seguida, insira o logotipo do escritório, se houver, ou escolha imagens gratuitas de bancos.

No Canva, por exemplo, há modelos prontos para desenvolver o cartão. Basta pesquisar o termo “cartão de visita” no campo inicial do site, escolher um modelo e iniciar as edições.

Logo após, adicione as informações essenciais, como a inscrição da OAB, endereço do escritório, telefones e o site jurídico. Veja um exemplo feito no Canva, que também oferece a impressão do material:

cartão de visita Maria Oliveira Serviços Jurídicos

Este modelo é apenas um exemplo, já que existem cartões com o logotipo à frente e as informações do escritório no verso. Na etapa de criação, considere a criatividade e as normas do marketing jurídico.

Cartão de visita virtual para advogados: como fazer

Para o marketing digital jurídico, os advogados conseguem criar cartões de visita virtuais. Desse modo, o cartão poderá ter links e itens que direcionam o público até sites e redes sociais.

Os cartões interativos, assim como o modelo físico, podem ser feitos nas plataformas de edições online, como o Canva. Além disso, ainda é possível usar o formato vertical. Confira um exemplo:

Os advogados conseguem compartilhar o cartão em três formatos: .PDF, .PNG ou .JPEG. Se o profissional quiser adicionar links ao material, o formato final do arquivo precisa ser em .PDF. Fique atento!

Importante! As regras para a distribuição de cartões de visitas valem também para o formato virtual. Então, respeite as normas para evitar penalizações da OAB.

Amplie a presença online do escritório com o site jurídico!

O cartão de visitas tem certa importância no marketing jurídico, mas há outras ações que podem favorecer a visibilidade do escritório, ainda mais na internet.

Em resumo, os advogados precisam investir na criação de um site jurídico, que seja um cartão de visitas online, com informações de contato e os serviços presentes no escritório.

Com a Justamente, você cria um site responsivo para suas estratégias de marketing jurídico em poucos minutos. Desse modo, inclua o endereço eletrônico no cartão de visitas e consiga mais clientes.

Para começar, faça um cadastro com e-mail e senha. Em seguida, informe as áreas de atuação e serviços jurídicos do escritório. Por fim, selecione um tema, as cores e fonte da página. Veja o passo a passo.

Está com dúvidas sobre a criação de sites com a Justamente? Nos mande uma mensagem para o WhatsApp (11) 95647-8227, ou entre em contato pelo [email protected]

Veja também!