Menu
Entrar Testar grátis

Advogado pode impulsionar post no Instagram? Entenda!

Equipe Justamente 14/09/21

Desde a divulgação do Provimento 205/2021, que dispõe exclusivamente sobre a publicidade e informação na advocacia, o uso das redes sociais pelos profissionais dessa área foi expressamente autorizado. Com isso, surge a dúvida se o advogado pode ou não impulsionar post no Instagram.

O Instagram é uma das redes sociais mais utilizadas para ampliar a visibilidade de determinado negócio, agregando mais credibilidade e atraindo mais clientes. Para os advogados, isso não é diferente – por mais que alguns cuidados sejam necessários, o compartilhar de posts na plataforma é uma boa estratégia no marketing jurídico.

Entre as várias ferramentas oferecidas pela rede social, o impulsionamento de post auxilia o dono do perfil a alcançar mais pessoas, não dependendo da pesquisa do público ou do seu engajamento. A partir disso, sua visibilidade fica ainda maior, assim como as chances de alcançar um potencial cliente.

No entanto, será que isso é permitido aos profissionais do Direito? Por mais que o uso das redes sociais esteja liberado, o advogado realmente pode impulsionar post no Instagram? Continue a leitura e saiba mais!

O que é o impulsionamento nas redes sociais?

O impulsionamento de posts nas redes sociais é um recurso muito valioso que, como o próprio nome diz, impulsiona determinado conteúdo. Trata-se de uma ferramenta que permite que uma publicação chegue a mais pessoas além das que já seguem o seu perfil.

Permitindo que o seu post alcance um público maior do que aquele que você já tem, a probabilidade de você conquistar mais seguidores aumenta, assim como a chance de convertê-los em clientes.

Além disso, o impulsionamento também te ajuda a dar mais ênfase na sua presença digital, o que é essencial nos dias de hoje.

Vale saber que esse recurso não é gratuito. Para levar suas publicações a um público maior, você deverá investir determinada quantia diária, que é definida por você.

Advogado pode impulsionar post no Instagram?

Sim, o advogado pode impulsionar seus posts no Instagram. O Provimento 205/2021 não apenas autoriza o uso das redes sociais, como o impulsionamento nessas plataformas.

O documento define a publicidade ativa como a “divulgação capaz de atingir número indeterminado de pessoas, mesmo que elas não tenham buscado informações acerca do anunciante ou dos temas anunciados”.

Ele também afirma que a publicidade ativa pode ser usada no marketing de conteúdos jurídicos, desde que não envolva a mercantilização da advocacia, a captação de clientela ou o emprego excessivo de recursos financeiros.

Uma vez que as redes sociais são um canal para desenvolver o marketing de conteúdos jurídicos, pode-se entender o impulsionamento nessas plataformas como publicidade ativa.

Finalmente, o provimento não deixa nenhuma dúvida para o leitor sobre esse recurso em seu Anexo Único. De acordo com o documento, o patrocínio e impulsionamento nas redes sociais é “permitido, desde que não se trate de publicidade contendo oferta de serviços jurídicos”.

Sendo assim, ao criar e compartilhar posts no Instagram com conteúdo meramente informativo, o advogado pode investir no impulsionamento e atingir um público maior. Publicações mercantilistas são vedadas, tanto no compartilhar, quanto para impulsionar.

Como impulsionar um post no Instagram de advogado?

Para um advogado impulsionar um post no Instagram, o primeiro passo é converter a sua conta na rede social em uma conta profissional. Para isso, abra o aplicativo, acesse o seu perfil e mude as configurações acessando o menu, no canto superior direito.

É preciso clicar em “configurações”, “conta” e em “Mudar para conta profissional”. Para finalizar essa etapa, basta selecionar as opções de acordo com o seu conteúdo e público.

Ao acessar o perfil do seu escritório, você verá algumas opções logo na parte superior. Clicando em “Promover“, você verá quais posts já foram impulsionados, quais estão com o impulsionamento ativo ou inativo, e quais são as publicações disponíveis para serem impulsionadas.

Nesta etapa, você deverá clicar em “Criar promoção” e selecionar o post que deseja impulsionar. Ou seja, antes de ir para o impulsionamento, a publicação já deve existir. Em seguida, escolha os detalhes do seu anúncio.

Comece definindo o objetivo e o público-alvo da promoção. Isso quer dizer que você deve escolher entre levar as pessoas para o seu perfil, site ou mensagens diretas, e quais pessoas receberão seu post de acordo com faixa etária, gênero, interesses e localização.

Ao selecionar o seu público-alvo, você pode selecionar uma entre duas opções. A primeira é a “Automático”, que permite que o próprio Instagram selecione o melhor público de acordo com o público que você já tem.

A segunda é “Crie seu próprio”, onde você, manualmente, irá escolher os detalhes do seu público-alvo. Assim, escolha a localização, os interesses, a idade e o gênero. Você também pode salvar esse público para utilizá-lo em outro anúncio.

Depois, defina o valor e o tempo de duração do anúncio. É possível investir a partir de R$1 por dia, no entanto, saiba que quanto mais você investir, maior será o seu retorno.

À medida em que você aumenta o investimento e a duração do anúncio, você pode ver a média de perfis que serão alcançados com a sua publicação impulsionada.

Por fim, confira se todas as informações estão corretas. Dê muita atenção a essa parte, pois se houver algum erro, não será possível arrumar depois. Não deixe de vincular o seu cartão para que o pagamento seja feito, e clique em “Criar promoção“.

Feito isso, o Instagram irá analisar o seu anúncio, verificando se tudo está de acordo com as suas diretrizes de publicidade. Com tudo certo, sua promoção será divulgada.

Como saber se o impulsionamento está dando resultado?

Depois de impulsionar um post no seu Instagram jurídico, é importante que você continue dando atenção a esse recurso, monitorando a atividade e sabendo se, de fato, seu investimento te dá um resultado favorável.

Para isso, acesse sua conta profissional e clique em “Promover” para ver as suas promoções criadas, ativas e inativas.

Enquanto o post impulsionado ainda estiver em atividade, de acordo com a duração que você definiu quando criou o anúncio, você poderá ver um resultado parcial. No entanto, para um resultado definitivo, é preciso fazer a consulta após o término da promoção.

Selecionando uma entre as publicações inativas, será possível analisar o número total de cliques, visitas, impressões, novos seguidores, valor total investido e o público atingido pelo anúncio.

Se ficar satisfeito com o resultado, você pode repetir as métricas para um novo impulsionamento. Já se procura um resultado melhor, procure fazer novas escolhas na próxima promoção, como uma nova configuração de objetivo, público-alvo, valor ou duração.

Por que o impulsionamento no Instagram é interessante para o marketing jurídico?

Quando você, enquanto advogado, se dedica para impulsionar um post no Instagram, você aumenta consideravelmente o seu alcance, atingindo um público maior do que aquele que você já tem. Chegando a mais pessoas, é possível construir e estabelecer a sua presença e autoridade digital de modo mais rápido.

Uma das vantagens em utilizar esse recurso é exatamente essa: você chega a mais pessoas. Quanto mais usuários conhecerem o seu escritório e entenderem que você é uma autoridade na sua área de atuação, maiores as chances de se ter mais contratações.

Além disso, como você tem a opção de escolher o público que vai receber o seu post impulsionado, a probabilidade de chegar até uma pessoa que realmente se interessa e precisa dos seus serviços é maior, do que quando sua publicação chega a qualquer pessoa.

Outro benefício do impulsionamento é o aumento do engajamento. É importante que, além de ter publicações frequentes no Instagram, o seu público interaja com o seu perfil, curtindo, comentando e compartilhando os seus conteúdos. Quando você investe em impulsionar, a possibilidade de ter mais interações aumenta.

Quais são as restrições para o advogado impulsionar um post no Instagram?

Mesmo com o Provimento 205/2021 liberando o impulsionamento de publicações nas redes sociais para os profissionais do Direito, é preciso ter cuidado para fazer tudo de acordo com o que é permitido, evitando possíveis punições da Ordem dos Advogados do Brasil.

Relembrando o que o provimento diz:

Art. 4º. No marketing de conteúdos jurídicos poderá ser utilizada a publicidade ativa ou passiva, desde que não esteja incutida a mercantilização, a captação de clientela ou o emprego excessivo de recursos financeiros, sendo admitida a utilização de anúncios, pagos ou não, nos meios de comunicação, exceto nos meios vedados pelo art. 40 do Código de Ética e Disciplina e desde que respeitados os limites impostos pelo inciso V do mesmo artigo e pelo Anexo Único deste provimento.

É vedado ao advogado a configuração de mercantilização, captação de clientela ou o emprego excessivo de recursos financeiros no impulsionamento nas redes sociais. Ou seja, o conteúdo impulsionado deve ser completamente instrutivo e educativo, sem expressões mercantilistas, como “Contrate agora” ou “O melhor do mercado”.

Além disso, os recursos financeiros investidos não podem ser excessivos. Portanto, tome cuidado com a quantia que você está disposto a utilizar neste tipo de recurso.

Com relação aos meios de comunicação citados no artigo, não se preocupe, pois as redes sociais não estão na lista dos que são vedados. De qualquer maneira, você pode conferi-los no art. 40 do Código de Ética e Disciplina da OAB.

Finalmente, os limites impostos pelo inciso V do mesmo artigo permitem que o advogado informe seus dados de contato – todos os dados de contato e meios de comunicação do escritório ou advogado, como e-mail, site, redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas – e logotipo, desde que de modo discreto e sóbrio.

Já os limites do Anexo Único do provimento restringe a oferta de serviços jurídicos. Sendo assim, foque no conteúdo informativo, o que te ajudará na construção da sua autoridade.

Como fazer um site para advogado?

Ao impulsionar um post no Instagram, um dos objetivos do advogado pode ser levar mais pessoas ao seu site jurídico. No entanto, nem todo profissional já tem a sua página online independente.

A criação de um site pode exigir muito trabalho ou muito dinheiro, o que pode ser um empecilho para algumas pessoas. Sabendo disso, a Justamente permite que você crie o seu site de advogado em menos de 5 minutos e, o melhor, sem pagar por isso.

A Justamente é uma plataforma gratuita de criação de sites, pensada por advogados e para advogados. Os sites oferecidos são feitos por programadores, web designers e desenvolvedores, o que te permite ter uma página séria e profissional em pouco tempo.

Além disso, os sites também se adaptam às diferentes telas dos dispositivos eletrônicos, têm ótima usabilidade e estão de acordo com as normas da OAB com relação às cores utilizadas nos temas oferecidos.

Para fazer o seu, faça um cadastro com um e-mail e senha e responda algumas perguntas sobre o seu escritório, como áreas de atuação e serviços prestados. Para finalizar, escolha o tema com cor e fonte, que podem ser alterados a qualquer momento.

Feito isso, seu site estará pronto e você já poderá divulgá-lo para seus clientes, amigos e familiares, e utilizá-lo no impulsionamento de algum post no seu Instagram, além de colocá-lo na sua assinatura de e-mail, cartão de visitas e outros materiais.

Ainda tem dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco! Ligue para (11) 96190-0210 ou escreva para [email protected]

Veja também!