Menu
Justamente
Entrar Criar site

7 benefícios dos sites responsivos no marketing jurídico

Equipe Justamente 01/04/22

Você já ouviu falar nos sites responsivos? Eles são fundamentais para que os usuários tenham uma experiência de navegação agradável em qualquer dispositivo.

Hoje, uma grande parcela da população acessa sites por smartphones e tablets. Dessa forma, as páginas precisam funcionar corretamente nestes aparelhos.

Assim como acontece em outros negócios, os sites responsivos são importantes no marketing jurídico e proporcionam diferentes vantagens. Saiba quais são elas e entenda mais sobre esses tipos de páginas.

O que são sites responsivos?

Os celulares e tablets estão na rotina das pessoas, e representam uma das principais formas de acesso à internet. Por isso, a criação de páginas na internet precisa considerar esta parcela, cada vez maior, que acessa os sites em dispositivos móveis.

Os sites responsivos consistem em layouts que se adequam a qualquer dispositivo. Ou seja, independentemente da forma que o usuário estiver acessando o site, ele não terá a experiência prejudicada.

Até alguns anos atrás, apenas os projetos para computadores eram prioridades de desenvolvedores. Entretanto, os layouts para telas menores também são fundamentais, por conta dos novos hábitos do público.

Dependendo do segmento da empresa, a criação de aplicativos tem sido incluída em projetos para aprimorar a experiência do usuário. Assim, o negócio acaba ficando próximo à rotina do usuário.

No marketing jurídico, os sites responsivos são fundamentais para atrair visitantes, mas também para ampliar a presença online de escritórios. Confira abaixo um exemplo de layout responsivo:

Experiencia-site-responsivo

Site responsivo e site mobile: qual é a diferença?

Algumas pessoas podem se confundir com os termos “site responsivo” e “site mobile”. Afinal, o acesso às páginas pode ser feito pelos smartphones, mas são espaços distintos.

Como dissemos acima, o site responsivo é o projeto desenvolvido para se adaptar a qualquer dispositivo que o usuário utilizar para acessá-lo. Ou seja, a página funciona em computadores, smartphones e tablets.

Por outro lado, o site mobile é uma página desenvolvida apenas para dispositivos móveis. Trata-se de um segundo layout, que tem o objetivo de favorecer a experiência do usuário no acesso pelo celular.

Geralmente, o endereço eletrônico dos sites desenvolvidos exclusivamente para dispositivos móveis possui o termo “mobile” após o “https”. Enquanto, no site responsivo, o link não sofre mudanças.

Em resumo, o site responsivo pode proporcionar um trabalho relativamente melhor, já que não será necessário criar duas páginas e gerenciá-las ao mesmo tempo.

Veja abaixo os principais motivos para desenvolver um site jurídico responsivo.

Por que desenvolver um site responsivo para o marketing jurídico?

O site responsivo também deve estar entre os objetivos do marketing jurídico. A partir da otimização da página, os usuários conseguem conhecer os serviços jurídicos do escritório em qualquer equipamento.

Além disso, a página tem maiores chances de aparecer nas posições iniciais de sites de pesquisa e receber índices maiores de interações. Veja abaixo os principais benefícios!

1. Usuários navegam mais por dispositivos móveis

Não é novidade que os smartphones se tornaram a principal forma de comunicação das pessoas ao redor do mundo. Nesse sentido, os sites responsivos acabam sendo uma necessidade para negócios que desejam estar presentes na internet.

Um site otimizado para funcionar em diversos dispositivos possui maiores chances de ser aceito pelos usuários de dispositivos móveis. A partir das conexões móveis (4G e Wi-Fi), as pessoas acessam os conteúdos de forma fácil e rápida.

Após a implementação do site responsivo, espera-se que sejam feitas manutenções regulares na página. Assim, ela estará sempre com um bom funcionamento nos aparelhos móveis.

2. Pode reduzir a rejeição do público

Quando acessamos um site, mas ele não está funcionando corretamente, a tendência é que abandonemos a página poucos instantes depois. Dessa forma, procuramos outro site que esclareça as dúvidas.

A criação de um site responsivo pode diminuir as taxas de rejeição da página, já que ele se adequa aos diferentes formatos dos dispositivos.

Se a página proporcionar um layout agradável e uma navegação descomplicada, na qual o usuário sinta-se à vontade para interagir com os conteúdos, ficará fácil fidelizá-lo. Entenda mais abaixo!

3. Aprimora a experiência dos usuários

Você já deve ter ouvido falar sobre experiência do usuário, certo? A área, também conhecida como User Experience (UX), lida diretamente com maneiras de entregar uma experiência agradável para quem usa uma ferramenta.

Durante a criação de um site responsivo, os envolvidos no projeto precisam elaborar uma jornada agradável para o usuário. Assim, os visitantes vão permanecer maior tempo navegando no ambiente virtual.

Por isso, cabe aos escritórios e advogados, no marketing jurídico, considerarem as informações que desejam trazer no site e organizá-las para favorecer a experiência dos usuários.

4. Gerenciamento otimizado do site

A criação de dois sites jurídicos para diferentes dispositivos é um trabalho complexo, que pode ter custos altos. Desse modo, o melhor caminho é criar um site responsivo para apresentar os serviços jurídicos do escritório.

Pensando no gerenciamento do site no dia a dia, o site responsivo pode proporcionar maior flexibilidade para fazer alterações no layout, publicações e manutenções.

Com o site nesta estrutura, as atualizações serão publicadas de forma geral. De qualquer dispositivo, os usuários verão as alterações que foram realizadas.

5. Facilita o ranqueamento do Google

Quer criar um site para chegar às primeiras páginas de busca do Google? Se a página for responsiva, suas chances são maiores, pois os algoritmos da empresa priorizam sites aptos para qualquer dispositivo.

Como já falamos acima, as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet pelo celular. Para o Google, desenvolver sites que atendam às demandas destes usuários é um fator positivo.

No entanto, o projeto ainda deve seguir as regras presentes nas técnicas de SEO para obter destaque nos motores de busca. Assim, o site poderá receber um número maior de visitas.

Importante! Com a atualização Mobile First Index, o Google deixou de priorizar as páginas que têm apenas uma versão desktop. Ou seja, os sites que possuem apenas uma página para computadores.

Por isso, os sites precisam ser responsivos para que sejam incluídos nas páginas de pesquisa do Google.

6. Carregamento rápido do site

Os sites responsivos garantem um carregamento rápido nos dispositivos móveis. Não é necessário aguardar por um período maior para que a página seja carregada.

Além disso, os mesmos recursos disponíveis na página aberta em computadores estarão disponíveis em outros dispositivos menores, sem prejudicar a interação dos usuários.

7. Ampliar a visibilidade dos serviços do escritório

Já vimos que o Google dá certa preferência para os sites responsivos. Dessa forma, estas páginas têm chances de obter maior visibilidade entre os usuários que fazem pesquisas na plataforma.

Além disso, ter uma página que funcione de forma correta em qualquer tipo de dispositivo diminui os obstáculos para chegar até o público do escritório.

Contudo, os sites responsivos acabam sendo uma maneira de ampliar a presença na internet de forma completa.

Crie um site responsivo para o seu escritório!

Percebeu como os sites responsivos são fundamentais para os negócios, incluindo para advogados e escritórios? Por isso, eles devem integrar seus planejamentos de marketing.

Mas como criar um site responsivo, sem gastar tanto e atrair visibilidade para o escritório?

Com a Justamente, os advogados conseguem criar um site em até 5 minutos. E o melhor: ele se adapta a diferentes dispositivos para proporcionar uma boa experiência para os usuários.

Para criar o seu site, faça um cadastro com e-mail e senha. Em seguida, informe dados sobre os serviços jurídicos oferecidos e áreas de atuação do escritório. Por último, escolha as cores, temas e fontes do layout. Veja o processo!

Está com dúvidas sobre como podemos te ajudar na criação do seu site jurídico? Entre em contato conosco pelo WhatsApp, (11) 95647-8227, ou escreva para [email protected]

Veja também!